O ano de 2020 certamente entrará para a história, o último acontecimento, para os hortolandenses, é uma onda de calor extrema que provocou alvoroço em meio a um tempo seco e recheado de poluição de queimadas.

Segunda a previsão do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), o município deve registrar na tarde da próxima sexta-feira (09) a temperatura mais alta de 2020 o recorde de 41°C.

LEIA TAMBÉM

Segundo o Climatempo, só a partir do dia 11 de outubro que se espera mudanças na circulação dos ventos sobre a América do Sul quebrando bloqueio que tem impedido a chegada de frentes frias ao interior do Brasil.

O mês de outubro segue quente, mas a partir do dia 11 ou 12 de outubro teremos o calor normal para esta época e não temperaturas extremas e em amplas áreas do país, como vem sendo observado desde o fim de setembro.

Confira a previsão para os próximos dias:

 

Leia também

Hortolândia confirma mais 23 casos de coronavírus e total sobe para 4.499

LEIA TAMBÉM Novo conceito de entretenimento chega à Americana no dia 10 de novembro Hortol…