A Prefeitura de Hortolândia publicou um decreto na sexta-feira (16) definindo os protocolos sanitários que terão de ser seguidos por moradores de condomínios da cidade.

A região de Campinas está na fase verde do Plano São Paulo, do governo do Estado, que permite uma maior flexibilização no funcionamento de estabelecimentos durante a pandemia do novo coronavírus.

LEIA TAMBÉM

Segundo o decreto da Prefeitura de Hortolândia, os condomínios estão autorizados a usar os espaços de convívio e socialização, as chamadas áreas comuns.
As academias, os salões de festa, as quadras de esporte, as piscinas e os espaços sem finalidade dos condomínios terão de seguir os protocolos já definidos quanto à capacidade máxima de 60%, uso de máscaras e utilização de álcool em gel 70%. Não pode haver aglomeração nesses espaços

No caso das feiras livres e de empreendedores no interior de condomínios, também poderão funcionar, desde que sejam observados os protocolos sanitários.

As convenções e assembleias podem ser feitas desde que sejam realizadas em espaços abertos ou fechados, neste caso com limite de 60% e com distanciamento de um metro e meio.

MONITORAMENTO

No caso de playgrounds e áreas de socialização infantis, as atividades podem ser realizadas, desde que sejam monitoradas por responsáveis, com uso de máscaras e higienização constante dos brinquedos.

Leia também

Hortolândia chega a 4.509 infectados pelo novo coronavírus

LEIA TAMBÉM Hortolândia chega a 4.509 infectados pelo novo coronavírus Jovem é resgatado a…