Além dos parentes, vários moradores do município de Hortolândia foram ao enterro de Maria Clara

No manha deste sábado (19), o corpo da pequena Maria Clara, a menina de apenas cinco anos vítima de estrupo e morta pelo padrasto, foi enterrado sob forte comoção dos parentes e moradores da cidade de Hortolândia.

O caso

LEIA TAMBÉM

O corpo de Maria Clara Calixto Nascimento, de 5 anos, foi encontrado dentro de uma caixa de papelão nesta sexta-feira (18) em um terreno no bairro Jardim São Felipe, em Hortolândia.

Segundo a Polícia Civil, o padrasto da menina confessou que assassinou a vítima. Ele está preso.

Investigações dão conta de que o corpo de Maria Clara apresenta sinais de estrangulamento. A criança foi vítima de abuso sexual.

Ela estava desaparecida desde a manhã de quinta-feira (17), quando, segundo a avó da garota, ela saiu para brincar na casa de uma vizinha.

Cássio Martins Camilo, o padrasto, já tem passagem pela polícia por estupro. Ele foi encaminhado a uma unidade prisional na cidade de Sorocaba.

Leia também

ArcelorMittal Gonvarri divulga oportunidade(s) para Técnico Manutenção Mecânica – v2172259

Descrição Descrição: Principais Responsabilidades:LEIA TAMBÉM ArcelorMittal Gonvarri divul…