O universo do delivery só cresce e conquista cada vez mais adeptos que não querem sair de casa para se alimentar. Mas, além do delivery de comidas prontas, os pedidos por compras de mercado também vêm ganhando espaço nos aplicativos. Afinal, a preguiça de ir até lá e encarar corredores cheios e filas enormes às vezes toma conta de nós.

Porém, com a correria do dia a dia, quase não pensamos na questão central: quem faz nossas compras? Como é a rotina dos shoppers da Rappi, responsáveis pela escolha cuidadosa de cada um dos produtos que chegam à nossa casa quando pedimos pelo Rappi?

Orlando de Ciccio Neto e Thais Teodoro contaram detalhes para o Guia da Cozinha sobre a vida deles: como é a rotina dos shoppers da Rappi, quais os pedidos que mais gostam de receber, entre outras curiosidades sobre nosso supermercado online!

Rotina dos Shoppers da Rappi

Orlando contou que a rotina dos shoppers da Rappi é super dinâmica e que atende pedidos de vários tipos de clientes – de diferentes idades e classes sociais -, inclusive até mais de um por vez! “Todos os produtos são selecionados e embalados por nós até passar ao entregador. Escolhemos o melhor produto para o cliente, sempre verificando data de validade e estado do produto”, relata.

Questionada sobre os passos desde o nosso pedido no app até a finalização dele, Thais explicou o processo: “O cliente escolhe o que deseja, o mercado de preferência e um horário para receber. O pedido chega na minha tela e começo a organizá-lo, sempre informando o que não tem disponível e oferecendo uma substituição.”

Quando acontece de não ter algum produto desejado, os shoppers oferecem uma possibilidade de troca com um preço similar. Também por isso é muito importante manter a comunicação ativa com a pessoa que está responsável pelo seu pedido.

O pedido mais difícil

O problema de comunicação nos momentos em que um produto não está disponível no mercado é um dos maiores empecilhos citados por Thais. “Os pedidos difíceis são aqueles em que o cliente não interage, porque estou com seu possível almoço ou jantar nas mãos, mas sem o retorno no chat, tenho que excluir o item após um tempo limite. E isso pode chatear o cliente”, conta.

Já para Orlando, o pedido mais difícil foi quando um cliente da Rappi solicitou apenas um item pelo aplicativo e depois, na conversa, mandou mais 50 itens para serem comprados. “Perguntamos a ele o que havia acontecido e ele nos informou que gostava do atendimento e atenção que dávamos a ele pelo chat, por isso pediu daquela forma”, relembra.

Os melhores pedidos

Questionados sobre seus pedidos favoritos, Thais e Orlando deram a mesma resposta: os maiores. Afinal, quando o pedido é grande, eles ficam exclusivamente com ele, diferente de quando os pedidos são pequenos e eles precisam administrar vários de uma vez só. 

Para Orlando, as compras maiores são mais satisfatórias porque ele consegue dar total atenção ao cliente. Para Thais, os pedidos preferidos são de consumidores que respondem rapidamente no chat. Ou seja, não tenha medo de interagir com seu shopper – é mais fácil para você e para eles!

Os perrengues

Como nem tudo são flores, toda profissão tem suas dificuldades e todo profissional passa por alguns obstáculos no dia a dia – e a vida de shopper também tem vários perrengues.

Segundo Thais, o mais chato são os comentários que tem que enfrentar nas filas dos caixas. “Alguns clientes do supermercado não entendem que estamos ali representando outras pessoas”, explica. 

Já Orlando acredita que o maior desafio é não ter um atendimento presencial e mesmo assim precisar entender toda a necessidade do cliente para atender a todos da melhor forma.

Sem limites

Ao contrário do que possa parecer, os pedidos na Rappi não têm limite de tamanho ou de número de produtos. Segundo Thais e Orlando, quanto mais itens melhor! Além de não ter limites, a Rappi também não tem restrição de produtos; você pode pedir o que quiser, desde que esteja disponível no mercado. 

Mesmo que o item não conste no catálogo do app, é possível solicitá-lo via chat, entrando em contato com o shopper. Só vantagens em manter uma comunicação com eles, não é? “O cliente da Rappi pode selecionar quantos itens desejar, seja qual for o item. Afinal, somos um delivery de tudo”, declara Orlando.

Dicas de um shopper

Tanto Orlando quanto Thais reforçam a importância de conversar com o shopper ao longo de todo o pedido. Isso vale não só para facilitar a vida deles caso falte algum produto, mas também para evitar que venham produtos diferentes do desejado.

Por exemplo, caso um cliente queira uma bebida específica gelada ou uma fruta mais verde ou mais madura, é essencial que ele informe isso ao shopper pelo chat. Assim a chance do pedido chegar perfeito, exatamente da forma como o cliente espera, é muito maior.

Mas tenha sempre em mente que se algum pedido chegar errado, a central de ajuda da Rappi está disponível para resolver o problema; afinal, cada cliente é único e todo pedido tem seu caso analisado individualmente para ser solucionado da melhor forma.

Fonte: Guia da Cozinha

Leia também

Lojas Torra divulga oportunidade(s) para Promotor(a) de Vendas – v2041189

 #vagafeitaparavocê  Principais responsabilidades: Atendimento ao cliente; Organ…