Comer fora de casa tendo intolerância à lactose pode ser uma prática complicada. Além das poucas opções de alimentos saborosos sem resquícios de lactose, alguns estabelecimentos não fornecem informações adequadas sobre os tipos de ingredientes que eles utilizam, o que dificulta muito o processo de sair de casa para comer ou até pedir comida. 

Mesmo assim, com alguns cuidados, é possível, sim, sair com os amigos e familiares para degustar bons pratos sem o receio de sentir os sintomas da restrição. Para ajudar nessa missão, a nutricionista Jéssica Ingrid listou algumas dicas essenciais para seguir quando for comer fora de casa tendo intolerância à lactose: 

LEIA TAMBÉM

1. Conheça sua intolerância

Antes de mais nada é preciso saber ao certo o grau da sua intolerância à lactose. Algumas podem ser mais leves, o que possibilita a ingestão de determinados alimentos lácteos. Além disso, a intolerância à lactose é diferente da alergia à proteína do leite – o que é um ponto positivo já que os alérgicos passam por restrições mais severas que os intolerantes. Também por isso é importante conhecer qual é o seu caso.

2. Faça uma pesquisa

pesquisa de onde comer fora de casa tendo intolerância à lactose

Mesmo ainda sendo poucos restaurantes que oferecem opções sem lactose, sempre é recomendável pesquisar e conhecer os estabelecimentos próximos a você. Quando você conhece o menu fica bem mais fácil de se programar!

3. Não tenha vergonha de perguntar!

Perguntando ao garçon

Cada estabelecimento tem receitas próprias. Alguns lugares, por exemplo, utilizam a manteiga no lugar do óleo para dourar os alimentos. Então, na dúvida, sempre pergunte aos atendentes e/ou ao chef como cada prato é preparado. 

4. Evite os horários de pico

Os restaurantes precisam atender às restrições alimentares dos seus clientes, mas erros nos preparos dos pratos podem ocorrer, principalmente nos momentos de maior movimentação do estabelecimento. Para evitar qualquer desconforto, procure ir em horários em que o local esteja mais vazio.   

5. Tenha uma zona de conforto

As opções mais seguras para aproveitar são as massas simples. Macarrão naturalmente não leva ingredientes com lactose na massa, mas mantenha sempre a atenção aos molhos utilizados. Além disso, o prato clássico brasileiro de carne, arroz, feijão e salada também é seguro e é uma ótima pedida, principalmente no dia a dia. Mas se a vontade for de comer algo gelado, saiba que o açaí é uma opção segura para substituir os sorvetes, que geralmente trazem leite na composição. 

6. Pastel de feira: pode!

Pastel de feira

A receita tradicional do pastel não contém lactose, então ele é uma boa escolha entre comidas de rua – mas evite aqueles que contenham queijo, requeijão e catupiry. 

7. Comida japonesa

Comida japonesa

A maioria dos molhos usados em comidas japonesas não contam com lactose – só é necessário ter cuidado com os alimentos que levam cream cheese. 

8. Aposte nos grelhados

Carnes grelhadas não têm lactose, mas é importante perguntar o modo como elas são preparadas – o processo pode envolver manteiga. O mesmo vale para o simples arroz e feijão. 

9. E os pães?

pães

Diferente dos pães industrializados que podem conter lactose, o pão francês tradicional é uma alternativa segura para os intolerantes à lactose. Um sanduíche de frango, por exemplo, é ótimo para lanchinhos da tarde. 

Dica extra

A nutricionista afirma ainda que existem opções seguras e que sempre há a possibilidade de utilizar a enzima para ajudar na digestão dos alimentos com lactose. “Não deixem que o medo tome de conta, pesquise bastante sobre o assunto, se informem bastante nos restaurantes e bom apetite.”

Fonte: Guia da Cozinha

Leia também

Menino é atropelado por moto em Hortolândia e socorrido em estado grave ao HC da Unicamp

LEIA TAMBÉM Menino é atropelado por moto em Hortolândia e socorrido em estado grave ao HC …