Tutores de cães e gatos tiveram um compromisso importante nesta sexta-feira (29/01). Levar seus pets para a última etapa da campanha de castração da Prefeitura de Hortolândia. Na ação, o DPBEA (Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal), órgão da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, realizou 198 cirurgias. Foram castrados somente animais cujos tutores fizeram inscrição prévia.  

O diretor do órgão, Vanderlei Fernando de Azevedo, destaca o comparecimento de todas as pessoas inscritas. “Conseguimos atingir a meta. As pessoas entenderam a importância de fazer a castração para a saúde e o bem-estar de seus pets”, ressalta Azevedo. Outro aspecto positivo destacado pelo diretor foi a colaboração das pessoas em terem respeitado os protocolos sanitários de manter o distanciamento e o uso de máscaras. Para evitar aglomeração, foi permitida somente a entrada de uma pessoa por animal.

LEIA TAMBÉM

PÓS-OPERATÓRIO

Após a cirurgia, o diretor do órgão explica que os tutores devem adotar cuidados com seus animais. Confira as orientações abaixo: 

–  Nas primeiras 24 horas, o animal deverá descansar em local tranquilo, limpo e com pouca iluminação para ter uma boa recuperação;

– Deixar panos ou cobertores para o animal se aquecer, pois ele sentirá frio;

– A primeira alimentação somente poderá ser oferecida após o animal estar acordado;

– A retirada dos pontos deverá ser feita 7 dias após a cirurgia, sob a responsabilidade do tutor. O tutor receberá no dia da castração uma receita médica com a indicação do uso de medicamentos, cuidados específicos e contatos em caso de dúvidas e/ou emergências.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Boletim 45/21: Secretaria de Saúde de Monte Mor informa que 44 pessoas do município estão hospitalizadas por conta da Covid-19

Em seu quadragésimo quinto boletim, a Secretaria de Saúde de Monte Mor informa que hoje, 0…