Após a conclusão da troca de lâmpadas de vapor de sódio para luminárias de LED no Jardim das Figueiras, Jardim Novo Cambuí e região do Parque Gabriel, a Prefeitura de Hortolândia entra em uma nova etapa de trabalho para que a cidade atinja 100% das ruas iluminadas com a nova tecnologia. De acordo com a Secretaria de Obras, agora, o trabalho está em andamento nas ruas do Jardim Santo André. Todos os postes do bairro receberão as novas lâmpadas. O objetivo é garantir maior potencial de luminosidade, com eficiência energética e economia. Após a conclusão do serviço neste bairros, outros pontos da cidade receberão o trabalho. 

QUASE METADE DAS RUAS DA CIDADE JÁ POSSUEM LÂMPADAS DE LED

LEIA TAMBÉM

No final do ano passado, aproximadamente metade das ruas da cidade já possuíam as lâmpadas com a tecnologia LED. Neste ano, a meta da Prefeitura é atingir 100% das ruas. A ação oferece mais segurança para a população. Alguns bairros já atendidos com esta tecnologia são Jd. Santa Clara, Jd. São Sebastião, Pq. Ortolândia, Remanso Campineiro, Vila Real, Parque Orestes Ôngaro, Jd. das Colinas, além de toda a região do Jd. Amanda e do Jd. Rosolém. O trabalho em toda a cidade será concluído neste ano.

A troca das lâmpadas acontece por meio de um consórcio, contratado pela Prefeitura via PPP (Parceria Público Privada) para as ações de gestão e modernização do parque de iluminação pública. A tecnologia LED nas ruas da cidade coloca Hortolândia na lista dos municípios inteligentes do Brasil. Ao todo, serão trocadas 22 mil luzes. A estimativa da Prefeitura é que, com a PPP, os custos com iluminação pública sejam reduzidos em mais de 50%.

De acordo com a Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, com o avanço das ações da PPP nas ruas, parque e praças da cidade, todos os postes receberão transmissores de dados, equipamentos capazes de reduzir o nível de luminosidade das lâmpadas nos horários em que há menos fluxo de pessoas nas avenidas e parques, colaborando para a economia de energia. Além disso, será possível monitorar falhas, como lâmpadas queimadas, o que garantirá manutenção mais rápida, além de eficiência energética e economia aos cofres públicos.

Outra possibilidade é a utilização destes transmissores para serviços de diversas naturezas, como monitoramento de queimadas com sensores de fumaça instalados nestes transmissores. Esta ação coloca Hortolândia na lista das cidades inteligentes do Brasil, cujo conceito é justamente usar tipos diferentes de sensores eletrônicos para coletar dados e gerenciar recursos de forma eficiente.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Syngenta divulga oportunidade(s) para Técnico(a) em Química – v2160866

Descrição Descrição: Localidade: Paulínia – SP  LEIA TAMBÉM Syngenta …