Connect with us

Cidade

Quarto podcast criado a partir de memórias de idosos de Hortolândia-SP enfoca “envelhecimento e vulnerabilidade social”

Artigo

em

Série “Sísifo e o cuidado” é um projeto de Extensão da PUC de Campinas, que conta com o apoio da Prefeitura

“Envelhecimento e vulnerabilidade” é o tema do quarto podcast da série “Sísifo e o cuidado”, que resgata as memórias de idosas e idosos moradores da Região do Jd. Rosolém, em Hortolândia. Ouvintes que acompanham os episódios semanais já podem acessar gratuitamente a mais nova edição na internet, em sistemas de “streaming” (veja abaixo). Para ouvir o episódio quatro, clique aqui: https://open.spotify.com/episode/4ahcjkqBuogzsj7HKXRfJv?si=-eekUXS9RJCtcJXtTkUm5w&utm_source=whatsapp&dl_branch=1&nd=1

LEIA TAMBÉM

Fruto do Projeto de Extensão “ARTiculadas”, responsável por transformar pesquisa em produto técnico-cultural, a série poderá ser ouvida também na plataforma Anchor. O projeto é desenvolvido por extensionistas da PUC Campinas (Pontifícia Universidade Católica de Campinas), em parceria com a Prefeitura de Hortolândia, por meio do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) Novo Ângulo, órgão da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. 

Desta vez, para refletir sobre conquistas, direitos e desafios ligados ao envelhecer e à vulnerabilidade, em tempos de pandemia, foram convidados o professor extensionista do Observatório da PUC Campinas, Cristiano Monteiro Silva, e o chefe de gabinete da Prefeitura de Hortolândia, Claudinei Prazeres. Segundo dados apresentados no episódio, coletados junto ao Cadastro Único, o município conta com uma população idosa de baixa renda (isto é, com uma renda per capita de até meio salário mínimo) de quase 10 mil idosos, atualmente.

“Durante a pandemia e no pós-pandemia, o município tem tido um olhar muito especial à pessoa idosa. O objetivo da Administração é garantir emprego e comida na mesa das pessoas, das famílias. Hortolândia se mobilizou e o programa Viva Mais tem como objetivo principal promover a melhoria, a elevação da qualidade de vida e a longevidade da nossa população”, afirma Prazeres.

“O podcast ‘Sísifo e o Cuidado’ vem de um projeto de ampla escuta dos nossos idosos do CRAS Novo Ângulo, mais especificamente do CCS Jardim Rosolém. Essa escuta é de suma importância para o desenvolvimento de tudo o que acontece dentro do equipamento CRAS, mas ela serve como valorização dos nossos munícipes, pois eles trazem a sua historicidade, a sua bagagem, pois nos ajudaram a construir a nossa cidade”, afirma o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva.

Sobre o projeto

Após contatos travados ainda em 2019, os relatos de vida foram coletados em plena pandemia do Coronavírus, no segundo semestre de 2020, depois que os pesquisadores começaram a acompanhar as atividades socioeducativas realizadas de maneira remota com os grupos de idosos vinculados ao CCS (Centro de Convivência Social) do Jardim Rosolém. O contato foi fundamental para que fosse identificado o perfil sociocultural do grupo.

“Tratava-se de um grupo majoritariamente formado por mulheres acima de 60 anos, migrantes estabelecidas na região desde a emancipação de Hortolândia e que haviam tido uma trajetória de vida marcada pelo trabalho do cuidado: o cuidado direto e indireto das pessoas da família e as ações voluntárias de cuidado do outro no âmbito das pastorais católicas, organizações da sociedade civil e comunidades do bairro. Em 2021, passamos a realizar a coleta dessas memórias do cuidado, por meio da aplicação da metodologia da História Oral, com vistas a produção de materiais socioeducativos que promovessem a sensibilização da sociedade para a importância do trabalho cuidado para a reprodução social, valorizando, ao mesmo tempo, as histórias de vida das mulheres idosas do CCS do Jardim Rosolém de Hortolândia e fortalecendo o Grupo da Melhor Idade do qual fazem parte. O resultado principal dessa ação tem sido o retorno positivo da própria população ouvida pela equipe de alunos voluntários de extensão, sobre o sentimento de valorização que o contato com o projeto tem trazido. Consideramos que esses relatos de alegria e satisfação de contar sua história de vida são importantes indicadores de que a valorização da pessoa idosa e de sua contribuição para a reprodução social de sua família e comunidade, são mecanismos sociais fundamentais para a garantia dos direitos humanos e sociais da pessoa idosa”, ressalta a Prof.ª Dr.ª Stela Cristina de Godoi, da Faculdade de Ciências Sociais e também extensionista da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da PUC Campinas, que está à frente do projeto.

Sobre o mito de Sísifo

Na mitologa grega, Sísifo era um homem que ousou desafiar os deuses. Capturado, sofreu punição severa. Para toda eternidade, teria de empurrar uma pesada pedra da base até o topo de uma montanha; a pedra rolaria para baixo e ele teria que começar tudo novamente, a cada dia. Para o filósofo Albert Camus, que trouxe às gerações atuais importantes reflexões sobre este mito, ele enfoca um ser que, mesmo condenado a uma tarefa sem sentido, vive a vida ao máximo, lutando contra a morte. Mesmo reconhecendo a falta de sentido no que faz, Sísifo continua executando sua tarefa diária.

Confira a descrição do podcast no Spotify 

Envelhecimento é um processo natural, um caminho entre a vida e a morte que todos desejamos atravessar. Mas como a vida transcorre e quais oportunidades sociais acessamos ao longo dela nada tem a ver com as forças da natureza, com o destino, nossa sorte ou azar. Viver é perigoso, mas o risco de vulnerabilidade social não se distribui igualmente entre todas as pessoas e grupos sociais. A pandemia do coronavírus mostrou que, se estamos todos no mesmo barco, quando o barco afunda só alguns conseguem um lugar no bote salva vidas. Ou seja, para corrigir essas desigualdades de oportunidades, enfrentar e prevenir o risco social, é fundamental a ampliação das políticas de proteção social.

Links de acesso:

ANCHOR

https://anchor.fm/stela-godoi/episodes/Envelhecimento-e-Vulnerabilidade-Social-e18d493

SPOTIFY

https://open.spotify.com/episode/4ahcjkqBuogzsj7HKXRfJv?si=ZKxKngt3QrCvHKp7evowDw&dl_branch=1

Com informações Prefeitura de Hortolândia

Cidade

Playground começa a ser instalado em área ampliada do Pq. Socioambiental Lago da Fé

Artigo

em

Por

Ação da Prefeitura de Hortolândia faz parte das obras para inauguração do novo trecho do espaço de lazer

Mais uma etapa das obras de ampliação do Parque Socioambiental Lago da Fé, maior espaço público de lazer de Hortolândia, realizadas pela Prefeitura, está em fase final. Os últimos ajustes estão em acabamento para a conclusão dos trabalhos no local. Após o paisagismo, agora, as equipes da Administração Municipal instalam o playground da área de lazer. Além disso, pequenos ajustes são realizados nas calçadas e nas quadras esportivas. “Atualmente, temos quase 90% das obras de ampliação do parque concluídas. Quem passa pelo local já observa a diferença. No momento, o foco é a conclusão da instalação do playground para as crianças aproveitarem ainda neste verão”, explica o secretário de Obras da Administração Municipal, Sérgio Torrecillas.

LEIA TAMBÉM

Além do playground, o parque terá academia ao ar livre, viveiro, bicicletário, estacionamento e área multiuso  no espaço iluminado com lâmpadas LED.  Além disso, já estão concluídos dois quilômetros de pista de caminhada e ciclovia, cinco quadras esportivas para basquete, tênis, vôlei e futsal, sendo uma das quadras de areia.  O Parque Lago da Fé totalizará uma área de 222 mil metros quadrados quando a obra for finalizada. A parte já implantada, desde o Jd. Nova Alvorada, passando pelo Pq. Gabriel, atrás da Câmara Municipal, até o Jd. São Miguel, conta com 180 mil metros quadrados, incluindo duas lagoas de contenção de enchentes, pista de caminhada e travessia para pedestres.

PAISAGISMO

Já foi realizado o plantio de Palmeiras em toda a extensão da área de lazer e, também, de diversas espécies de árvores ornamentais e frutíferas, flores e grama. O objetivo é deixar a maior área de lazer da cidade mais florida e alegre. A concretagem de parte da pista de caminhada está avançada.  Toda a ampliação do parque, trecho que vai desde o Jd. São Miguel até a avenida Olívio Franceschini, será finalizada no próximo mês.

Com informações Prefeitura de Hortolândia

Continue lendo

Cidade

Prefeitura inicia instalação das bases dos postes que acoplarão novas câmeras de monitoramento em Hortolândia

Artigo

em

Por

Primeira etapa de trabalho  contempla 12 pontos monitorados 

Avançam os trabalhos da Prefeitura de Hortolândia para a instalação das novas câmeras de monitoramento. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, agora, as equipes já trabalham na colocação das bases que sustentarão os postes colocados para acoplar as câmeras. Além da base dos postes, a Administração Municipal trabalha na finalização da instalação do cabeamento necessário para fornecer a energia que ligará os dispositivos.

LEIA TAMBÉM

“Nesta primeira etapa de trabalho, acontece a instalação de 12 bases para os postes serem colocados e  aproximadamente 19 mil metros de cabos também são instalados para o correto funcionamento desta ‘muralha digital’ de segurança viária e  pública, com informações integradas, que Hortolândia contará quando o serviço for concluído”, explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos.

INFORMAÇÕES INTERLIGADAS

As imagens disponibilizadas pelas futuras câmeras estarão diretamente interligadas à nova Central de Monitoramento do Trânsito que funcionará no Remanso Campineiro. A Administração Municipal realiza ajustes na parte elétrica e fiação do prédio, além de serviços na fachada. Com o início da operação, previsto para este semestre, os agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana monitorarão diversos pontos da cidade, 24 horas por dia, todos os dias da semana, para auxiliar as forças de segurança do município contra infrações de trânsito e crimes.

Além das câmeras de monitoramento, a Central integrará informações de radares fixos e de avanço semafórico e lombadas eletrônicas. A futura Central contará com 12 telas, oito no sistema vídeo wall (série de monitores conectados fisicamente em arranjo, de modo a formar uma grande tela) e 18 estações de trabalho. O espaço fica localizado na rua Francisco Guimarães de Oliveira, 130, no Remanso Campineiro. 

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, a médio prazo, o objetivo é trazer novos serviços para a Central, integrando o controle dos semáforos, transporte escolar, iluminação pública e câmeras de segurança. Um dos pontos mais interessantes sobre a Central é a cerca eletrônica, que permite identificar veículos roubados e acionar a Polícia Militar assim que eles são localizados. Entre os equipamentos integrados à Central estarão 10 pontos de câmera móvel, dois com câmeras 360° para fiscalizar tudo o que acontece em volta 24h por dia e 68 faixas de rolamento para equipamentos de fiscalização eletrônica. Toda a rede interligada garantirá mais segurança e possibilitará uma resposta mais efetiva dos agentes da Administração Municipal.

Com informações Prefeitura de Hortolândia

Continue lendo

Cidade

Pré-conferências de Saúde Mental começam na próxima semana

Artigo

em

Por

Prefeitura promoverá quatro pré-conferências em diferentes regiões da cidade; eventos são preparatórios para a 1ª Conferência Municipal, que acontecerá em março 

Quer ajudar a melhorar os serviços da rede pública de saúde mental de Hortolândia? Você poderá apresentar suas sugestões nas quatro pré-conferências sobre o tema que a Prefeitura promoverá em fevereiro. Os eventos serão realizados em diferentes regiões da cidade para possibilitar a participação de toda a população. A primeira pré-conferência será na próxima terça-feira (01/02), às 18h30, no Centro de Covivência da Melhor Idade do Jardim Amanda, localizado na rua Di Cavalcanti, 1.947. O evento abrirá espaço para a população participar das discussões junto com trabalhadores e profissionais da rede pública de saúde mental do município. Os eventos são preparatórios para a 1ª Conferência Municipal de Saúde Mental, que também será realizada pela Prefeitura no dia 12 de março. 

LEIA TAMBÉM

Cada pré-conferência abordará um dos eixos temáticos que serão discutidos na conferência municipal. Na primeira pré-conferência o tema será Gestão, financiamento, formação e participação social na garantia de serviços de saúde mental. 

“Para que o evento seja produtivo, é importante que a população apresente propostas relacionadas com o tema que será discutido na primeira pré-conferência”, salienta a coordenadora do Departamento de Saúde Mental da Secretaria de Saúde, Leici Santana. Em cada pré-conferência também serão indicados os representantes da região que participarão da conferência. 

CONFERÊNCIA

Leici ressalta que é importante o município realizar a conferência para participar das discussões sobre políticas públicas de saúde mental que acontecerão em âmbito estadual e nacional neste ano. “Na conferência municipal serão escolhidos os representantes do município que participarão das conferências estadual e nacional”, destaca Leici. 

O tema da conferência será “A política de saúde mental como direito: pela defesa do cuidado em liberdade, rumo a avanços e garantia dos serviços da atenção psicossocial no SUS (Sistema Único de Saúde)”. 

As discussões serão divididas nos quatro eixos temáticos abaixo: 

– Cuidado em liberdade como garantia de direito a cidadania; 

– Gestão, financiamento, formação e participação social na garantia de serviços de saúde mental; 

– Política de saúde mental e os princípios do SUS: universalidade, integralidade e equidade; 

– Impactos na saúde mental da população e os desafios para o cuidado psicossocial durante e pós-pandemia.

As sugestões feitas nas pré-conferências serão discutidas na conferência. As propostas serão então apresentadas na conferência estadual, prevista para ser realizada em abril, e na 5ª Conferência Nacional de Saúde Mental, que será realizada pelo Ministério da Saúde, entre os dias 17 a 20 de maio, em Brasília.

Confira abaixo as datas, os locais e os horários das pré-conferências:

1ª Pré-conferência:

Tema: Gestão, financiamento, formação e participação social na garantia de serviços de saúde mental

Data: 01/02

Horário: 18h30

Local: Centro de Convivência da Melhor do Jardim Amanda

Endereço: Rua Di Cavalcanti, 1.947

2ª Pré-conferência:

Tema: Política de saúde mental e os princípios do SUS: universalidade, integralidade e equidade

Data: 08/02

Horário: 18h30

Local: Centro de Convivência da Melhor do Remanso Campineiro

Endereço: Rua Euclides Pires de Assis, 200

3ª Pré-conferência:

Tema: Impactos na saúde mental da população e os desafios para o cuidado psicossocial durante e pós-pandemia

Data: 15/02

Horário: 18h30

Local: Salão Paroquial Dom Bruno Gamberini

Endereço: Rua Sebastião Paula, 57, Vila Real

4ª Pré-conferência:

Tema: Cuidado em liberdade como garantia de direito a cidadania

Data: 22/02

Horário: 18h30

Local: Ginásio Poliesportivo Victor Savala

Endereço: Rua Agnaldo Gomes Camargo, 500, Jardim Nossa Senhora de Fátima

Com informações Prefeitura de Hortolândia

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Destaque

DestaqueAtualizado há 2 dias

DELL abre processo seletivo para 3 cargos diferentes em Hortolândia; Veja como se candidatar

A data de encerramento das inscrições até sexta-feira dia 28 de Janeiro A Dell Technologies ajuda organizações e indivíduos a construir...

DestaqueAtualizado há 2 dias

Bebê de 1 ano diagnosticado com covid-19 morre em Hortolândia

A Prefeitura de Hortolândia confirmou a morte de um bebê de apenas 1 ano decorrente da Covid-19. O menino foi...

DestaqueAtualizado há 2 dias

Região Metropolitana de Campinas amanhecem sem ônibus

Nesta quinta-feira, 27, passageiros de ônibus de Campinas e região acordaram impossibilitados de contar com os serviços de transporte público....

BrasilAtualizado há 2 dias

Pastora e cantora Ludmila Ferber morre aos 56 anos

A pastora Ludmila Ferber, de 56 anos, morreu nesta quarta-feira (26),depois de lutar por mais de três anos contra um...

DestaqueAtualizado há 3 dias

Grupo da EMS está com inscrições para o programa de empregos 2022

O GRUPO NC está com inscrições abertas até o dia 07 de fevereiro de 2022 para sua oitava edição e...

DestaqueAtualizado há 3 dias

Seara abre processo seletivo para programa de empregos 2022

A Seara está oferecendo mais de 200 vagas de emprego para candidatos sem experiência; As inscrições terminam nesta sexta-feira (28)...

DestaqueAtualizado há 3 dias

Acidente entre van e carro deixa três pessoas feridas em Hortolândia

Três pessoas ficaram feridas em um acidente na Estrada Campo Grande, em Hortolândia, na manhã desta quarta-feira (26). O veículo,...

DestaqueAtualizado há 3 dias

Expert está recrutando candidatos sem experiência para vagas de Auxiliar de Embalagem

O candidato deve possuir ensino médio completo, com ou sem experiência e residir em Hortolândia. O Grupo Expert oferece soluções personalizadas...

DestaqueAtualizado há 4 dias

Coca-Cola FEMSA Brasil divulga oportunidades para Operador (a) em Sumaré

Na Coca-Cola FEMSA, estamos comprometidos em oferecer as mesmas oportunidades de desenvolvimento para todos os candidatos independente de origem, raça,...

DestaqueAtualizado há 4 dias

Ipiranga divulga oportunidades para Operador(a) em Paulínia

Somos a Ipiranga, a plataforma de mobilidade e conveniência que inspira a sociedade a evoluir com leveza, com nossa paixão...

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS