O trabalho de conscientização e educação ambiental feito pela Prefeitura de Hortolândia com a população dá resultado positivo. Uma prova disto é que o hábito de fazer o descarte correto de materiais reaproveitáveis está cada vez mais incorporado no dia a dia dos moradores. Os 11 PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis) da Prefeitura localizados em diferentes regiões da cidade registraram, nos dois primeiros meses deste ano, 10.299 visitas, sendo 5.629 em janeiro e 4.670 em fevereiro.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, o total de materiais recicláveis recolhidos com essas visitas foi de 6.030 m³. Esta quantidade equivale a aproximadamente 1.206 caçambas. As caçambas instaladas nos PEVs têm capacidade de armazenagem de 5 m³. Dentre os tipos de materiais mais coletados estão restos de construção, madeira e recicláveis (garrafas PET, papel, papelão, isopor, entre outros).  

LEIA TAMBÉM

Os materiais recebidos nos PEVs são encaminhados para a URE (Usina de Reciclagem de Entulhos), no Parque Peron, e para a Cooperativa Águia de Ouro, parceira da Prefeitura. O valor obtido pela cooperativa com coleta, triagem e venda de recicláveis gera renda para as mais de 20 pessoas em situação de vulnerabilidade social que trabalham na cooperativa.

Para incentivar ainda mais a população a fazer o descarte adequado de recicláveis, a Prefeitura ampliará a quantidade de PEVs no município. Já estão em construção as unidades no Jardim Nova Alvorada e no Jardim São Sebastião. A implantação destes novos PEVs é viabilizada com recursos do convênio firmado pela Prefeitura com o Ministério das Cidades, por meio da Caixa Econômica Federal. Com estas duas unidades novas, Hortolândia passará a ter 13 PEVs (Confira abaixo os endereços dos PEVs).  

Nos PEVs, os moradores podem descartar com segurança, gratuitamente, resíduos recicláveis e reaproveitáveis, como entulhos de construção, isopor, plástico PET, sofás, colchões velhos e aparelhos eletrônicos (televisão, computador, ventilador, entre outros). Neles, não é permitido o descarte de lixo orgânico, resíduos industriais e provenientes dos serviços de saúde. 

No caso dos resíduos de construção, a quantidade de descarte é limitada a 1m³ por pessoa por mês, quantidade que equivale a 1.300kg, ou seja, cerca de 26 sacos de ráfia de 50kg ou o volume de uma caixa d’água de 1.000 litros. 

PANDEMIA

Em razão do agravamento da pandemia do Coronavírus, os PEVs estão com horário de funcionamento alterado, das 9h às 15h, de segunda a sábado. A medida é para diminuir a circulação de pessoas e evitar a contaminação da COVID-19. A exceção são os PEVs do Jardim Santa Emília, Jardim Nossa Senhora de Fátima e Jardim Santa Esmeralda, que, em regime de plantão, seguem com funcionamento todos os dias, inclusive aos finais de semana, das 8h às 12h e das 13h às 18h. A Prefeitura reforça a orientação que as pessoas devem manter o uso obrigatório de máscara ao fazer o descarte de materiais nos PEVs.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

WILLISA RH divulga oportunidade(s) para Estágio em Engenharia Mecânica (Manutenção) – v2195215

Descrição Descrição: Indústria multinacional do segmento químico.LEIA TAMBÉM WILLISA RH di…