A fim de conter a disseminação do Coronavírus na cidade, a Prefeitura de Hortolândia se mantém alerta e, aos finais de semana, intensifica o trabalho diário de orientação e fiscalização junto à sociedade e ao comércio local. A Operação Municipal de Orientação sobre o Coronavírus reúne a Equipe de Fiscalização, membros da Vigilância Sanitária e também da GM (Guarda Municipal). O principal objetivo é conscientizar comerciantes e população sobre a necessidade de isolamento social e outras medidas para conter o avanço do Coronavírus.

Outro objetivo da força-tarefa é sensibilizar a sociedade com relação aos riscos decorrentes da aglomeração de pessoas, em espaços públicos e privados, que, frequentemente vem associada a outro problema: a perturbação do sossego.

LEIA TAMBÉM

Desde 21 de março, equipes da Administração Municipal percorrem a cidade, de domingo a domingo, das 9h às 23h. Dados da equipe de Fiscalização e da Vigilância Sanitária mostram que, até agora, já foram orientados e fiscalizados mais de 3 mil estabelecimentos, durante a pandemia. Nestas ações de fiscalização, estabelecimentos que descumprem as regras do Decreto Municipal podem ser multados, em valores que variam desde R$ 1 mil até R$ 30 mil.

Já segundo dados do Núcleo Estratégico da GM, da Prefeitura de Hortolândia, a cidade acumula, de janeiro até o último domingo (03/01), 3.045 ocorrências de perturbação de sossego.

Atualmente, Hortolândia está na “Fase Amarela” do Plano São Paulo, de reabertura gradual e consciente das atividades, em que é proibida a realização de eventos que causem risco à saúde pública e perturbem o sossego alheio, a qualquer hora do dia.

“A importância de o comitê de prevenção à COVID-19 ter montado a equipe de fiscalização restou comprovada pelo número reduzido de óbitos e pessoas contaminadas no município, em comparação a outras cidades que não fiscalizaram o efetivo cumprimento dos decretos vigentes, os quais sempre tiveram o intuito de assegurar a saúde e a vida da população de Hortolândia”, afirma a secretária adjunta de Governo, Silvania Anizio daSilva.

Para denunciar irregularidades

Situações de perturbação ao sossego e aglomerações podem ser denunciadas e os infratores correm o risco de ser levados à delegacia. É possível denunciá-las, a qualquer hora do dia ou da noite, todos os dias da semana, pelos telefones 153 ou 08000-111-580. 

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

ADM DO BRASIL divulga oportunidade(s) para Analista de Inteligência de Negócios – v2153263

Descrição Elaborar análise de dados, relatórios sintéticos e analíticos, com indicadores d…