A tão esperada Jornada Pedagógica 2021, promovida pela Prefeitura de Hortolândia, acontece nesta quarta-feira (03/02). A abertura do evento, que marca o início do calendário letivo no município, será feita às 14h pelo secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Moraes. Ele dará as boas-vindas aos participantes e apresentará a todos o tema que norteará o enfoque pretendido para a educação no município, na atual gestão: “Hortolândia, território de saberes: a educação como conceito de integralidade”. Em seguida, haverá palestras voltadas aos profissionais da pasta. Segundo o Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação, há mais de 2 mil inscritos no evento. 

Participam da edição deste ano três grandes nomes na área da Educação no Brasil: o sociólogo César Callegari, às 14h, que tratará d’“O Desenvolvimento da Educação Integral”; a psicóloga Cenise Monte Vicente, às 16h, que falará sobre

LEIA TAMBÉM

“Construir o futuro: o educador na promoção da resiliência e do direito à ternura”; e a pedagoga Maria Inês Fini, às 18h30, que mostrará “Como enfrentar os Desafios do Planejamento Pedagógico de 2021”.

Neste ano, em razão da pandemia do Coronavírus, a Jornada será realizada a distância, em tempo real, pela internet, com transmissão de conteúdo e interação via plataformas digitais, como Zoom e YouTube.

“A ideia é que tenhamos uma Jornada Pedagógica com estações de vivência, trazendo pessoas que possam contribuir com este momento de pandemia, falando de resiliência, do aspecto emocional, trazendo essas perspectivas com que a educação tem se preocupado muito, em relação à aprendizagem. Isso para que a gente possa discutir desafios e metas, pensando neste novo cenário, que é novidade para todo mundo. Não há, na nossa história, um momento como esse, nem na educação nem na saúde, em que a gente depende de outras áreas. É uma situação que envolve um esforço intersetorial. Mas a Jornada Pedagógica tem que se manter com a sua alma. Qual a alma dela? Os professores, diretores, supervisores, para que eles se sintam acolhidos neste momento tão difícil que a gente vem atravessando, em que a educação é importante para que a gente mantenha a garantia de direitos dessas crianças e suas famílias. A Jornada vai ser super especial para acolher e receber a rede e dizer a ela que nós estamos juntos e nos importamos com tudo isso que está acontecendo, com os professores, esses profissionais que lidam diretamente com a escola e a sala de aula. Vai ser uma Jornada instrumental, no sentido pedagógico, importante para que a gente possa esperançar dias melhores”, afirmou Moraes.

Palestras online 

Para preservar a saúde dos participantes, a Jornada será realizada de maneira remota. Supervisores, gestores e coordenadores do Centro de Formação “Paulo Freire” participarão da palestra via plataforma Zoom. O link será enviado próximo à data do evento. 

Os demais inscritos participarão do evento pelo Youtube no canal da Secretaria de Educação pelo link: https://www.youtube.com/channel/UC-F2MM9SM5TOTOZW-ViOuqw/

Para receber o certificado de participação na Jornada, é necessário, além da inscrição, acompanhar a transmissão das palestras e preencher o formulário que será disponibilizado no chat ao longo do evento. É possível enviar, pelo chat, perguntas que serão respondidas, conforme a disponibilidade de tempo dos palestrantes.

De acordo com a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, as palestras da Jornada são destinadas aos profissionais da rede municipal de ensino, dentre eles gestores educacionais, professores da Educação Básica e Integral (Educação Infantil, Ensino Fundamental, projetos e professores especialistas, AEE- Atividades de Educação Especial e CIER- Centro Integrado de Educação e Reabilitação “Romildo Pardini”), EJA (Educação de Jovens e Adultos), educadores infantis, infantojuvenis, agentes educacionais e estagiários, bem como gestores do programa Bolsa Creche, ação que disponibiliza vagas em escolas particulares conveniadas.  

Conheça os palestrantes:

César Callegari

14h – “O Desenvolvimento da Educação Integral”

Publicação do IBSA (Instituto Brasileiro de Sociologia Aplicada), entidade que preside, informa que Antonio Cesar Russi Callegari é sociólogo, especialista em gestão de políticas, programas e instituições públicas nos setores de educação, cultura, ciência e tecnologia. É membro do Conselho Nacional de Educação e lá preside a Comissão de Elaboração da Base Nacional Comum Curricular e é relator da Comissão de Formação de Professores e do Custo Aluno Qualidade. Foi Secretário Municipal de Educação de São Paulo, Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Secretário Executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia e Diretor da Faculdade SESI-SP de Educação. Como Deputado Estadual em São Paulo, teve dois mandatos dedicados à cultura, ciência e Tecnologia. É autor de vários livros e trabalhos publicados sobre educação pública.

Cenise Monte Vicente

16h – “Construir o futuro: o educador na promoção da resiliência e do direito à ternura”

Segundo o currículo divulgado na rede social LindedIn, Cenise Monte Vicente é graduada em Psicologia pelo Instituto de Psicologia da USP, mestre em Psicologia Social e Psicanalista. Foi secretária municipal de Promoção Social de Campinas – SP (1991-92), Professora de Psicologia Criminal da Faculdade de Filosofia da USP/Ribeirão Preto (1991-1995), Coordenadora Executiva em diferentes organizações (Instituto Ayrton Senna (1996-99). Participou do programa Banco na Escola (2000-05), do Escritório Regional do Unicef São Paulo (2006-2007) e do programa Envolver da Rede Social São Paulo (2006-09).

Participou também de Conselhos de defesa de direitos humanos e da criança e adolescente (Comissão Teotônio Vilela de Direitos Humanos, ANDI) e escreveu o Guia de Promoção de Resiliência.

Maria Inês Fini 

18h30 – “Como enfrentar os Desafios do Planejamento Pedagógico de 2021”

De acordo com currículo disponibilizado pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, Maria Inês Fini é doutora em Ciências – Educação, pedagoga, professora e pesquisadora em Psicologia da Educação, Psicologia do Desenvolvimento Social e do Trabalho, especialista em currículo e avaliação, com experiência em Gestão Educacional na Educação Básica e Superior. Foi também fundadora da Faculdade de Educação da Unicamp, onde atuou de 1972 a 1996.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Hortolândia antecipa e decreta fase vermelha nesta quinta-feira (04)

Prefeitruafeitruafeituraf LEIA TAMBÉM Hortolândia antecipa e decreta fase vermelha nesta q…