A Prefeitura de Hortolândia iniciou, nesta segunda-feira (01/02), a imunização contra a COVID-19 para os profissionais da rede particular de saúde que fizeram o pré-cadastro no site da Prefeitura. A vacinação é realizada, das 8h às 15h, no Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI), órgão da Prefeitura, localizado na rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a vacinação é feita em grupos de 30 a 40 pessoas por hora para evitar aglomeração, seguindo os protocolos sanitários de distanciamento e uso obrigatório de máscara. A previsão da Secretaria de Saúde é de que nesta primeira semana sejam imunizadas em torno de 270 pessoas por dia. De acordo com a Secretaria de Saúde, até a sexta-feira (29/01), haviam se cadastrado 1.100 profissionais.

LEIA TAMBÉM

O primeiro dia da vacinação transcorreu em clima de tranquilidade. Para Aline dos Reis receber a imunização foi um momento especial. “Estou feliz! Eu queria agradecer os profissionais da área de ciências do nosso país e ao SUS (Sistema Único de Saúde) por oferecer a vacina. É importante que os profissionais de saúde que têm contato direto com o público sejam os primeiros a serem imunizados”, destacou a profissional.

Já Letícia Gouveia, que atua em um laboratório particular de análises clínicas, elogiou a rapidez para fazer o pré-cadastro. “Preenchi os dados. Foi super fácil. Agora que fui imunizada, eu me sinto mais tranquila em poder continuar a trabalhar”, ressaltou a profissional.

A informação do dia e horário em que cada pessoa será vacinada está disponível para consulta no site da Prefeitura, no mesmo link onde foi feito o pré-cadastro. A vacinação será realizada, das 8h às 15h, no Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI), órgão da Prefeitura, localizado na rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro.

A Secretaria de Saúde ainda salienta que, no dia da vacinação, o profissional deverá apresentar algum documento que comprove sua atuação na saúde, como, por exemplo, carteira de conselho de classe, contrato de trabalho, ou carteira de trabalho, e documento com foto. Caso o profissional já tenha sido vacinado em outro local de trabalho, não poderá ser imunizado novamente. Se o profissional tiver apresentado sintomas da COVID-19 nos últimos 10 dias também não poderá ser imunizado. Já em caso do profissional estar positivo para COVID-19, ele deverá aguardar quatro semanas a partir do início dos sintomas.

Não devem ser vacinadas as pessoas que estão nas seguintes situações:

– Pacientes que tenham sido imunizados no calendário vacinal nos últimos 14 dias;

– Pacientes que apresentem quadro agudo e febril e sintomas respiratórios;

– Paciente que tenha tido COVID-19 há menos de 28 dias;   

– Menores de 18 anos.

Em caso da profissional que esteja gestante, ela somente poderá ser vacinada com avaliação obstétrica e prescrição médica. Pacientes oncológicos e transplantados somente receberão a vacina com prescrição médica.

Dentre os profissionais cadastrados da rede particular de saúde que começaram a ser imunizados estão: 

– médicos;

– enfermeiros;

– técnicos e auxiliares de enfermagem;

– cirurgiões dentistas;

– fisioterapeutas;

– cuidadores profissionais; 

– técnicos em laboratórios de análises clínicas de nível médio e superior;

– motoristas de ambulância;

– Profissionais de apoio de serviço de saúde descritos no Plano Nacional de Imunização (PNI).

PRÉ-CADASTRO

A Prefeitura mantém o pré-cadastro para a segunda fase da vacinação contra a COVID-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, o pré-cadastro é para melhor organizar o agendamento para o início da vacinação e, com isso, evitar aglomeração, conforme os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

Idosos com 60 anos ou mais podem fazer o pré-cadastro online, por meio do site da Prefeitura, http://www2.hortolandia.sp.gov.br/. Basta clicar no respectivo banner. No pré-cadastro, o interessado deverá informar nome, bairro, telefone, data de nascimento, número do CPF (Cadastro de Pessoa Física), informar se tem alguma deficiência motora, que dificulte o acesso ao local de vacinação.

A Secretaria de Saúde fará a verificação destes dados com o cadastro da pessoa no e-SUS, que é o banco nacional de dados do sistema público de saúde. Caso os dados estejam corretos, a informação do agendamento de cada pessoa estará disponível para consulta no site da Prefeitura. Para fazer a consulta, é necessário informar o CPF e a data de nascimento.

Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados. A data da aplicação da vacina será agendada conforme a ordem de prioridade definida pela Secretaria Estadual de Saúde e mediante a entrega do imunizante pelo governo estadual.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

ArcelorMittal Gonvarri divulga oportunidade(s) para Almoxarife – v2170233

Descrição Descrição: RequisitosLEIA TAMBÉM ArcelorMittal Gonvarri divulga oportunidade(s) …