Quem integra o universo artístico-cultural do hip hop na região já tem agenda certa neste final de semana. A Prefeitura de Hortolândia promove, neste sábado (15/02), o 2º Hip Hop Solidário. O evento, gratuito e aberto ao público, começa a partir das 12h, na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Jd. Amanda I (CAIC), localizada na Rua Graciliano Ramos, 698. Haverá batalhas de rima e de break dance, bem como diversas atrações culturais, dentre elas apresentações musicais.

Os 16 participantes da Batalha de Dança e os oito da Batalha de Rima já foram definidos (veja abaixo), nas etapas classificatórias. Segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, haverá durante o evento, paralelamente, batalhas de rimas e de b.boys e b.girls, em competições de breakdance, uma dança de rua, e intervenções poéticas. 

O objetivo da ação, realizada pela Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, em parceira com a Secretaria de Cultura, é “promover a arte e a cultura hip-hop, possibilitando o contato dos atendidos pelas redes socioassistenciais e os munícipes em geral de Hortolândia com o universo artístico e cultural, além dos três elementos da cultura hip-hop (rap, dança de rua e graffiti)”. Ainda segundo os organizadores, a ideia é estimular “o intercâmbio de conhecimento, de cultura da arte urbana (apresentando as especificidades de artistas de diferentes regiões) e de vivências, entre os artistas e os moradores da região”.

A primeira edição, em 2019, reuniu cerca de 600 pessoas. Considerando a estrutura e as atrações culturais de renome, a previsão para a edição deste ano é reunir até 1.000 neste ano. A abertura do evento ficará por conta da dupla hortolandense Lê Veloso e Juliana Veloso. Mãe e filha (agora com 11 anos) apresentarão o “Rap de Hortolândia”, criado em 2018, em um projeto de escola, para homenagear a cidade. 

Além delas, o 2º Hip-Hop Solidário terá apresentação musical de outros artistas da região; graffiti com Leandro Kranium e convidados; intervenções poéticas (Slam) e show de rap com o cantor Dexter.

“Considerando que Hortolândia é um polo do movimento Hip Hop, vários artistas com carreiras consolidadas iniciaram na cidade, o evento permite uma valorização e fortalecimento de artistas e pessoas que gostam e estão inseridos nessa cultura. Para os atendidos nas nossas redes socioassistenciais, o contato com essa cultura pode possibilitar que alguns reconheçam suas habilidades e se sintam motivados para que iniciem seus estudos e objetivos, profissionais ou recreativos, através dos diferentes caminhos da liberdade de expressão”, afirma o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Athanázio Bueno.

SERVIÇO:

2º Hip Hop Solidário

Data: sábado (15/02/2020)

Hora: a partir das 12h

Local: Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Jd. Amanda I (CAIC), localizada na Rua Graciliano Ramos, 698

Confira os classificados para a Batalha de Rimas:

1.Misrael Souza

2.MC Prós – Wesley Maciel

3.MRC – Marcos Antonio

4.Neno MC – Carlos Henrique

5.Lira MC – Matheus Lira

6.MC Malvadão

7.WP – Brendon Andrade

8.Conduta

Confira também os classificados para a Batalha de Break Dance:

1.Roger de Páscoa Matheus – Bboy Roger

2.Paulo Ricardo da Silva – B.boy Tuketty

3.Jefferson Andrade biernotzi – Jé lunáticos

4.Jonatas da rocha – Bboy Jhow

5.Gleidison Siqueira Monteiro Dedex

6.Roberto Carlos – Bboy Robertinho

7.Marcelina Manuela Francisca da Silva – B-Girl Marcelina

8.Gustavo Neri – BBOY NERI SAN

9.Francine Bueno Ishibashy – Bgirl Fran

10.Andre Luis de Oliveira Pinto – Bboy Dré

11.Raimax Silva – Bboy Max

12.Lucas Da Silva Ferreira – Lukings

13.William Silvia Alencar de sousa – William

14.Fernando de Oliveira Quintanilla – Fernandinho

15.Hugo Xavier – Bboy Xavier

16.Miguel Inacio Dos Santos – Miguel

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Coronavírus: Hortolândia registra mais 51 casos positivos e total sobe para 2.335

O Sars-Cov-2 utiliza proteínas em forma de espinho para aderir às células humanas que atac…