As aulas na rede municipal de Hortolândia recomeçam em fevereiro, inicialmente, de maneira remota, com aprendizagem virtual para alunos e formação online para os professores.

De acordo com o protocolo elaborado pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, da Prefeitura, a partir de março, começa a ser implantado o sistema híbrido, sendo realizadas também aulas presenciais. No entanto, a volta ao presencial, nas unidades próprias do município, deve acontecer somente um mês depois da retomada das atividades presenciais na rede estadual.

LEIA TAMBÉM

Segundo o Plano São Paulo, do Governo do Estado, de retomada consciente e gradual das atividades, as escolas estaduais estão autorizadas a iniciar as aulas, presencialmente, no dia três de fevereiro.

A ideia da Prefeitura é que, a partir de oito de março, as aulas presenciais nas escolas da rede municipal e nas conveniadas por meio do programa Bolsa-Creche aconteçam em regime de revezamento, de modo a atingir até 35% da capacidade física da unidade escolar, sendo também mantidas as atividades remotas, paralelamente. O revezamento semanal vai de segunda a sexta-feira. Deste modo, os estudantes se alternariam em sala, do seguinte modo: numa semana, comparece metade da turma e, na semana seguinte, a outra metade. No entanto, caberá a cada família a decisão de enviar ou não o estudante à escola, neste período.

Atualmente, a rede municipal de ensino atende cerca de 24 mil estudantes, na Educação Infantil, no Ensino Fundamental e na EJA (Educação de Jovens e Adultos), em 57 unidades próprias e em 39 escolas conveniadas.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Boletim 40/21: Secretaria de Saúde de Monte Mor informa que 18 pessoas do município estão hospitalizadas por conta da Covid-19

Em seu quadragésimo boletim, a Secretaria de Saúde de Monte Mor informa que hoje, 25 de fe…