Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o jornalista Leo Veras pedindo para que a morte dele não fosse tão violenta. “Aqui, se um pistoleiro quer te matar, ele vem na sua porta, manda você abrir e te dá um disparo”, diz Veras. As informações são do site Mídia Max.

Segundo a Polícia Nacional paraguaia, o jornalista foi executado em casa com 12 tiros de pistola 9mm, em Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã (MS). Os criminosos invadiaram o local e a vítima tentou correr, mas foi perseguida e assassinada. Veras ainda levou um tiro na cabeça quando já estava caído no chão.

A esposa de Leo Veras contou à polícia que ele andava bastante nervoso nos últimos dias, mas não soube confirmar se o companheiro vinha sendo ameaçado.

Ele chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Após a morte, a polícia foi até a casa do jornalista e apreendeu celular e computador para investigar o motivo do crime.

Fonte: Metropoles

Leia também

EMS divulga oportunidade(s) para Supervisor Garantia Qualidade – v2058166

Requisitos: Formação completa em Farmácia / Preferencialmente com Pós Graduação Experiênci…