Um professor do Colégio St. Nicholas, na Zona Oeste de São Paulo, foi preso nesta terça-feira (18/02/2020) acusado de produzir e armazenar pornografia infantil. O homem teria captado imagens das genitálias de meninas menores de idade em sala de aula, vestindo a saia do uniforme escolar, por meio câmeras camufladas em caixas de medicamento. As informações são do G1.

De acordo com a Polícia Civil, o professor de história e de teatro foi autuado em flagrante em sua casa. Ele leciona há 20 anos.

LEIA TAMBÉM

Os investigadores tentam descobrir se há indícios de outros crimes, como compartilhamento de pornografia infantil ou estupro de vulnerável.

Preso em casa, o professor chegou a pegar uma tesoura quando viu a polícia. Ele confessou que era doente. O homem também informou que as gravações foram feitas no colégio e indicou a sala de aula onde lecionava, onde estava parte do material usado para a produção e armazenamento das imagens.

Segundo a polícia, os diretores do colégio acompanharam a busca na sala de aula, que seria de uso exclusivo do professor detido.

Em grupos de WhatsApp de pais de alunos circula um comunicado no qual a escola afirma ter sido “surpreendida por uma operação policial de investigação de pedofilia que prendeu um professor da unidade de Pinheiros”.

Fonte: Metropoles

Leia também

ArcelorMittal Gonvarri divulga oportunidade(s) para Técnico Manutenção Mecânica – v2172259

Descrição Descrição: Principais Responsabilidades:LEIA TAMBÉM ArcelorMittal Gonvarri divul…