Daniel de Camargo/AAN

Perseguição policial termina em morte

Um homem, suspeito de assaltar uma república de estudantes no bairro Castelo e de ter participado do roubo de dois veículos, morreu na manhã desta sexta-feira (15), no Hospital da PUC, em Campinas. Houve perseguição policial durante a madrugada e uma caminhonete de luxo, com placa de Cabo Verde, cidade de Minas Gerais, só parou ao bater em um poste na aproximação entre as ruas Tentilhão e Socó, na Vila Padre Manoel de Nóbrega.

Segundo moradores, o acidente aconteceu por volta das 3h e houve troca de tiros. A força do impacto destruiu a frente do automóvel e a base do poste, que tombou bloqueando o tráfego de veículos nas vias e deixou parte dos condomínios e residências próximas sem energia elétrica. No para-brisa havia marcas de sangue. Além do criminoso que foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, a polícia confirmou que ao menos dois suspeitos fugiram em outro veículo.

Perseguição policial termina em morte

Um carro que estava estacionado a frente do poste não foi atingido por pouco. O veículo pertence a Valdemir Martins, de 55 anos, que trabalha atualmente como motorista de transporte por aplicativos. “Esse poste é abençoado. Se tivesse caído em cima do meu carro eu estava perdido”, disse. A área ficou preservada por policiais militares até as 10h. A CPFL não confirmou ainda quantos clientes foram afetados. Equipes da distribuidora estão no local realizando a troca do poste. O caso deve ser registrado no 11º Distrito Policial de Campinas, na Av. Homero Vasconcelos de Souza Camargo, no Jardim Ipaussurama.

Confira o vídeo:

Escrito por:

Daniel de Camargo

Fonte: RAC

Leia também

Vaga(s) de emprego para Mecânico de Manutenção – v1858235

Realizar manutenção preventiva e corretiva em sistema hidráulico; Rotinas de manutenção em…