O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Hortolândia recebe, nesta quinta-feira (10/10), três novas ambulâncias, veículos que vão substituir outras viaturas mais antigas. O município conquistou os veículos por meio de articulação junto ao Ministério da Saúde. A entrega será às 9h, em frente à sede do Samu, na marginal da Avenida da Emancipação, 477, no bairro Green Park.

Uma das novas ambulâncias é para suporte avançado, equipada com UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Além dos três veículos que serão entregues amanhã, o município conta, também, com outras três ambulâncias, sendo duas reservas, e duas motolâncias.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel) de Hortolândia foi implantado em 23 de janeiro de 2008, no primeiro governo do prefeito Angelo Perugini, e completou, no início deste ano, 11 anos na cidade. Em todo este tempo, as equipes de socorristas realizaram cerca de 210 mil atendimentos. Com o Samu, a Prefeitura presta um serviço mais ágil de socorro à população, em casos de acidentes ou mal súbito.

O serviço de acionamento do Samu pelo telefone 192 é um importante instrumento para a rede pública de saúde, uma vez que as equipes tem agilidade e eficiência no atendimento de situações graves. São cerca de 70 chamados por dia, de acordo com dados do serviço de triagem de ligações, que atende Hortolândia e Sumaré. Metade são para atendimentos em Hortolândia.

Transformação na saúde

A Prefeitura de Hortolândia desenvolve uma série de obras e ações para a reestruturação do sistema de saúde na cidade, que incluem a reforma e ampliação do Hospital Municipal, a reforma de UBSs, a abertura de farmácias em todas as unidades de saúde, entre outras melhorias que resultam em mais qualidade no atendimento prestado aos munícipes. Estas intervenções fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), conjunto de mais de 100 obras e serviços, com objetivo de promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As obras são realizadas por meio de parcerias da Prefeitura com a iniciativa privada, governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

A principal intervenção na área da saúde é a reforma do Hospital Municipal, obra que está em licitação. Serão investidos R$ 12,5 milhões nesta ação, que incluirá reforma desde a fachada até as instalações internas, garantindo a ampliação de 62 para 100 leitos, com 10 vagas de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) adulto. Entre os novos serviços que serão oferecidos no local está o exame de tomografia, medida que colaborará para agilizar o diagnóstico dos pacientes.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Confidencial divulga oportunidade(s) para Técnico Laboratório I

PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES: – Checar os métodos analíticos de controle estatístico, a fi…