Avenida Barão de Itapura, em Campinas, em tempos de pandemia do novo coronavírus e quarentena. — Foto: Gustavo Biano/EPTVAvenida Barão de Itapura, em Campinas, em tempos de pandemia do novo coronavírus e quarentena. — Foto: Gustavo Biano/EPTV

Avenida Barão de Itapura, em Campinas, em tempos de pandemia do novo coronavírus e quarentena. — Foto: Gustavo Biano/EPTV

A Prefeitura de Campinas (SP) atualizou às 15h desta quinta-feira (26) o número de casos confirmados de novo coronavírus na cidade. Subiu de 10 para 16. Ainda aguardam exames 441 pacientes que apresentaram sintomas. A região soma agora 25 registros confirmados de Covid-19.

  • Campinas – 16
  • Valinhos – 3
  • Paulínia – 2
  • Hortolândia – 2
  • Jaguariúna – 1
  • Holambra – 1

Paulínia apura a primeira morte por suspeita de coronavírus. A informação foi divulgada pela prefeitura nesta quinta. A vítima é um homem de 73 anos, hipertenso, diabético e ex-fumante que chegou a apresentar sintomas. Ele estava em isolamento domiciliar e, com a piora no quadro, deu entrada no Hospital Municipal (HMP), onde morreu.

A Arquidiocese de Campinas decidiu, nesta quinta, manter as igrejas fechadas, mesmo após o decreto do presidente da república, Jair Bolsonaro, incluir atividades religiosas na lista de serviços essenciais. Portanto, celebrações de missas com fiéis seguem suspensas até, pelo menos, 12 de abril para conter o avanço do novo coronavírus.

Outras mudanças em Campinas

A Prefeitura de Campinas anunciou que moradores de baixa renda que consumirem até 10m³ de água por mês durante a pandemia do novo coronavírus terão isenção da tarifa. O benefício é voltado para cidadãos incluídos na tarifa social e atinge cerca de 77 mil pessoas, informou a administração municipal. A alteração começa na medição do dia 30 de março. A isenção terá duração de três meses.

Durante o anuncio da isenção da tarifa, a Frente Nacional de Prefeitos (FNP), liderada pelo prefeito de Campinas Jonas Donizette, emitiu nota de repúdio à declaração do presidente Jair Bolsonaro, que defendeu, em discurso, a “volta à normalidade” e o “fim do confinamento em massa” como medida de prevenção ao novo coronavírus.

O prefeito de Campinas também alterou o decreto publicado no domingo (22) que declara a situação de calamidade pública por causa da Covid-19. Na alteração, Jonas Donizette determina o fechamento de restaurantes, padarias e congêneres e deixa o serviço exclusivo de entrega. O texto também esclarece sobre o funcionamento de outros serviços não incluídos no decreto anterior.

As prefeituras de Amparo (SP), Hortolândia (SP) e Serra Negra (SP) prorrogaram o prazo para pagamento das parcelas do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2020 por causa do coronavírus. Em Hortolândia e Serra Negra, as datas de pagamento do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) também foram adiadas. Veja as novas datas para quitar o imposto.

Seis prefeituras da região anunciaram a limpeza das áreas públicas com uma mistura à base de cloro e água. Artur Nogueira foi a primeira cidade a adotar a desinfecção. Campinas, Hortolândia (SP), Itapira (SP), Paulínia (SP), Indaiatuba (SP) e Sumaré (SP) também iniciaram a limpeza nesta semana. Os trabalhos devem continuar no período noturno.

A Prefeitura de Mogi Mirim (SP) suspendeu o sistema de vacinação contra a gripe no esquema de drive-thru – quando a pessoa não precisa sair do veículo – para garantir o abastecimento no município para o Dia D de imunização municipal, que acontece neste sábado (28). A aplicação das doses para os idosos que fossem aos locais de vacinação dentro do carro se estenderia até esta sexta-feira (27).

Americana, Vinhedo, Valinhos, Sumaré, Mombuca, Ipeúna e Cordeirópolis retomam a campanha nesta quinta. Veja como está o calendário de outras cidades da região.

Idosos são vacinados contra a gripe em sistema drive-thru — Foto: Jefferson Peixoto/SecomIdosos são vacinados contra a gripe em sistema drive-thru — Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Idosos são vacinados contra a gripe em sistema drive-thru — Foto: Jefferson Peixoto/Secom

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Mogi Guaçu (SP) informou que a recepção ao público está sendo feita somente através de agendamento. A mudança ocorreu nesta quarta-feira (25) e a medida visa manter em funcionamento os serviços essenciais à população e, ao mesmo tempo, evitar a aglomeração de pessoas, o que está proibido na cidade devido ao surto do novo coronavírus.

Covid-19 na região

Na noite desta quarta (25), Hortolândia publicou o segundo registro de caso positivo para o novo coronavírus na cidade, mas não forneceu detalhes da pessoa infectada. Além disso, o município investiga outros 43 pacientes com suspeita da Covid-19. O G1 procurou a Secretaria de Saúde estadual para mais detalhes sobre o novo boletim, mas até a manhã desta quinta o caso ainda não constava na lista oficial do órgão, informou a assessoria de imprensa.

A Prefeitura de Indaiatuba informou que ainda não recebeu os resultados das amostras encaminhadas ao Instituto Adolfo Lutz sobre as duas mortes suspeitas por coronavírus. A primeira foi registrada no dia 16 de março. Segundo o Departamento de Vigilância Epidemiológica, trata-se de uma mulher de 42 anos, cardíaca, diabética, e que apresentou sintomas gripais. A segunda, é uma mulher de 77 anos que tinha problemas renais crônicos, estava internada havia duas semanas e apresentou também problemas respiratórios.

Aniversário diferente

Moradores de um condomínio no bairro Bela Vista, em Valinhos (SP), se uniram para não deixar o aniversário de 18 anos de uma jovem passar batido, mesmo sem poder fazer festas por conta da quarentena para conter a pandemia do novo coronavírus. Na noite de quinta (25), a adolescente Júlia viu chegar a maioridade da sacada de seu apartamento e cantou parabéns acompanhada pelos vizinhos. A jovem ficou visivelmente surpresa e emocionada com a homenagem. Veja o vídeo.

Jovem comemorou aniversário na sacada do apartamento durante a quarentena — Foto: Reprodução/EPTVJovem comemorou aniversário na sacada do apartamento durante a quarentena — Foto: Reprodução/EPTV

Jovem comemorou aniversário na sacada do apartamento durante a quarentena — Foto: Reprodução/EPTV

Registro de ocorrências

O novo coronavírus mudou a forma como o registro das ocorrências policiais estão ocorrendo. A Polícia Civil da região de Campinas registrou queda de 80% nas ocorrências presenciais nos primeiros dias da quarentena. Diretor do Deinter-2, José Henrique Ventura conta que o isolamento social de boa parte da população e a ampliação do atendimento das delegacias eletrônicas são responsáveis pela queda do movimento nas delegacias.

Guia de isolamento domiciliar por causa do novo coronavírus — Foto: Arte/G1Guia de isolamento domiciliar por causa do novo coronavírus — Foto: Arte/G1

Guia de isolamento domiciliar por causa do novo coronavírus — Foto: Arte/G1

CORONAVÍRUS

Leia também

EMS divulga oportunidade(s) para Supervisor Garantia Qualidade – v2058166

Requisitos: Formação completa em Farmácia / Preferencialmente com Pós Graduação Experiênci…