Quer receber as principais Notícias de Hortolândia e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Novidade foi anunciada durante o 3º Seminário de Segurança Viária, realizado pela Prefeitura nesta quarta-feira (8/5)

Hortolândia contará com o sistema Detecta implantado nos aparelhos de fiscalização eletrônica do trânsito na cidade. O sistema facilitará a localização de carros furtados ou roubados. Ao ligar para o número 190, o cidadão terá sua queixa registrada e em questões de segundos o sistema será acionado. A informação foi dada pelo secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira, na abertura do 3º Seminário de Segurança Viária, realizado pela Prefeitura nesta quarta-feira (08/05), na Câmara Municipal. O seminário é a primeira e principal atividade em comemoração ao Maio Amarelo de conscientização sobre a segurança viária.

“Queremos implantar o sistema Detecta nos aparelhos de fiscalização eletrônica o mais rápido possível aqui em Hortolândia, quem sabe até o final do mês de maio”, afirmou o secretário de Mobilidade Urbana. O sistema Detecta integra câmeras de monitoramento e os radares da cidade ao banco de dados de órgãos da segurança pública. O objetivo da tecnologia é diminuir crimes e aumentar segurança no município.

De acordo com Pereira, a ampliação da segurança viária é uma das principais reivindicações da população. “Desde a criação da Secretaria de Mobilidade Urbana pelo prefeito Angelo Perugini, no início de 2017, nós sempre ouvimos a população de Hortolândia sobre o trânsito da cidade. A maior reivindicação sempre foi uma melhor segurança viária. Assinamos um pacto para estabelecer uma menor velocidade limite para circulação na cidade e diminuir o número de mortes e acidentes. Obtivemos êxito no que foi proposto, com dados dos boletins de ocorrência da Polícia Militar que comprovam a melhoria dos números nos últimos anos”, destaca Pereira.

Foram três temas discutidos durante o seminário. “Os efeitos da velocidade na saúde”, “Os desafios para quem tem a obrigação de fiscalizar” e “Campanhas educativas”. Representantes do poder público municipal e Estadual, das polícias Civil, Militar, Rodoviária, EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), Instituto Federal, Detran (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo), ABRAMET (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego), Concessionária Rodovias do Tietê, Movimento Paulista de Segurança no Trânsito e CIPAS (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), realizaram debates sobre os temas.

“Este evento é importante para disseminar todas as ações que estamos fazendo, com todos os envolvidos, para melhorar o tráfego na cidade. Continuaremos esta parceria com a cidade de Hortolândia para realizarmos um trânsito que flua com muita segurança cuidando da vida da população”, explicou Heytor Kauno, representante da EMTU (Empresa Metropolitana de Transporte Urbano).

Além do seminário, até o dia 29 deste mês, acontecerão ações nas ruas da cidade para a conscientização dos motoristas sobre a importância de uma direção segura, palestras em escolas, com o objetivo de envolver as crianças na questão educativa no trânsito, palestras em empresas e operações coordenadas pela Polícia Militar, como a “Cavalo de Aço”, por exemplo, onde o foco é a prevenção dos acidentes com motocicletas.

“A criação da secretaria de Mobilidade Urbana realizada neste Governo trouxe inúmeros benefícios à cidade. A todo momento, os profissionais que estão nela inseridos buscam melhorar sempre a estrutura para oferecer serviços de qualidade à população. Quem não vem à Hortolândia há algum tempo, já percebe a mudança como a implantação dos radares, dos semáforos, ampliação na sinalização de solo e pode perceber que tudo mudou para melhor, sempre com o intuito de preservar a vida no trânsito”, observou o vice-prefeito, José Nazareno Zezé Gomes, que representou o prefeito Angelo Perugini no evento.

SEGURANÇA VIÁRIA

O pacote de medidas adotados pela Prefeitura desde 2017 para aumentar a segurança viária, tem o objetivo de reduzir o índice de acidentes e proteger a vida de motoristas e pedestres. Entre as ações estão reforço na sinalização, fiscalização por radar (que começou a funcionar no início deste ano), novos semáforos, Operação Tapa-Buraco, instalação de painéis eletrônicos móveis, um na avenida da Emancipação e outro na avenida Santana que exibem, por meio de luzes de LED, na cor laranja, mensagens de orientação para motoristas, além de trabalhos educativos com apoio e participação da sociedade civil.

FEVEREIRO SEM MORTES

O início do funcionamento dos radares de fiscalização do trânsito e as medidas de segurança viária adotadas pela Prefeitura de Hortolândia, desde 2017, contribuíram para a cidade não registrar mortes no trânsito no mês de fevereiro deste ano. É a primeira vez, desde 2015, que a cidade deixa de aparecer nas estatísticas com mortes no trânsito no segundo mês do ano.

No mês de fevereiro de 2015 foram registradas duas mortes. Em fevereiro 2016, também houve o registro de duas mortes no trânsito. Em fevereiro de 2017, Hortolândia registrou novamente duas vítimas fatais no trânsito. Em fevereiro de 2018, ocorreu uma morte no trânsito da cidade. O dado é do Sistema de Informações de Acidentes de Trânsito (Infosiga-SP).

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

ODATA seleciona funcionários para trabalho em Hortolândia

A empresa disponibiliza ao menos sete vagas para a cidade A empresa Odata anunciou a const…