Quer receber as principais Notícias de Hortolândia e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Atividade é voltada para profissionais das áreas da Saúde, Educação e Assistência Social 

A Prefeitura de Hortolândia oferecerá, na próxima segunda-feira (13/05), uma capacitação sobre os programas assistenciais Cadastro Único e Bolsa Família. A atividade é voltada para os profissionais atuantes nas áreas de Saúde, Educação e Assistência Social. A oficina será ministrada pela profissional  Virgínia Maria Rigo Soares, das 8h às 17h, no auditório Profª Andreia Marise Borelli, localizado na rua Francisco Guimarães de Oliveira, 130, Remanso Campineiro. Interessados em participar podem se inscrever pelo link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdI7amKhZl3dvltAjKJNRdi21zQ74-hX-bH2GFIJohI1ewcmQ/viewform?usp=sf_link. As vagas são limitadas.

De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, o Cadastro Único é o principal instrumento para a seleção e a inclusão de famílias de baixa renda em programas sociais do Governo Federal. Em Hortolândia, cerca de 20.951 famílias são cadastradas no CadÚnico e participam de algum projeto social. Já o Bolsa Família, atende em torno de 10.464 famílias. “A Prefeitura trabalha para oferecer serviços eficientes e de qualidade para toda população, por isso, é importante que os profissionais que atuam nesse setor estejam preparados e alinhados com os programas assistenciais do governo”, salientou o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Athanázio Bueno.

O secretário explica que o CadÚnico  funciona como uma porta de entrada para as famílias acessarem diversas políticas públicas. Ele é uma ferramenta que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda. Nele constam informações como características da   residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras informações que permitem que o governo tenha conhecimento sobre a realidade socioeconômica dessa população. A partir dessas informações são concedidos os benefícios previstos nos programas Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica, Minha Casa Minha Vida, Carteirinha do Idoso, dentre outros. 

“É importante ressaltar que a execução do Cadastro Único é de responsabilidade compartilhada entre o governo federal, estados, municípios e Distrito Federal, o que permite que ele também seja utilizado para a seleção de beneficiários de programas oferecidos pelos governos estaduais e municipais”, esclareceu Bueno.

“O Bolsa Família é um importante projeto social de transferência direta de renda à população brasileira. Ele atua no combate à pobreza e à extrema pobreza, garantindo por meio das exigências previstas no programa,  o acesso à educação, saúde e a assistência social aos seus beneficiários”, observou o secretário de Inclusão.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

ODATA seleciona funcionários para trabalho em Hortolândia

A empresa disponibiliza ao menos sete vagas para a cidade A empresa Odata anunciou a const…