Quer receber as principais Notícias de Hortolândia e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Perugini esteve em Brasília, na segunda-feira (06/05), representando a FNP (Frente Nacional dos Prefeitos); 42 municípios têm obras de CIEs

O prefeito Angelo Perugini esteve em Brasília, nesta segunda-feira (06/05), para solicitar ao Governo Federal o desbloqueio de recursos para 42 municípios que possuem contratos para a construção de CIEs (Centros de Iniciação ao Esporte), inclusive Hortolândia, finalizarem as obras. No encontro com o presidente do TCU (Tribunal de Contas da União), ministro José Múcio, com o secretário adjunto da Fazenda, Esteves Colnago, e o com o deputado Federal, Fernando Monteiro, Perugini representou a FNP (Frente Nacional dos Prefeitos), grupo do qual ele é vice-presidente de Consórcios Públicos. “Foram tratadas duas pautas. Uma para liberar recursos que estavam travados de mais de R$ 7 bilhões para todos os municípios, e outra para a concessão da Rumo, que vai liberar recursos para vários municípios do Estado de São Paulo, entre eles, Hortolândia, que terá um viaduto sobre a linha férrea na região central”, detalhou o prefeito, dizendo que há boas possibilidades dessas solicitações serem concluídas em breve.

Durante a reunião, Perugini defendeu a atualização da Portaria 348/2016 para que os recursos dos CIEs sejam desbloqueados e as obras finalizadas. Muitas dessas obras possuem mais de 70% de execução. A unidade de Hortolândia tem 61,95% de obras realizadas, conforme dados da Secretaria de Obras.  A unidade esportiva terá ginásio multiuso para diversas modalidades olímpicas e paraolímpicas, além de pista de atletismo, arremesso de peso e salto em distância. A obra fica na rua Fernando Sabino, próximo ao Supermercado Good Bom do Jardim Amanda.

Já o viaduto na região central, para transposição da linha férrea, é prioridade numa lista de obras cuja execução terá o apoio da concessionária Rumo. A estrutura unirá as avenidas Santana (Jd. Amanda) e São Francisco de Assis (Vila Real), além de melhorar o fluxo de veículos, facilitar o acesso entre as regiões da cidade e evitar acidentes envolvendo veículos e trens. A lista da Rumo tem mais de 100 cidades, que também receberão investimentos.

Após o encontro, o TCU solicitou que o Ministério da Economia faça um levantamento para trabalhar com alternativas de solução caso a caso. Com essa análise, que deverá ser feita em uma semana, serão traçadas prioridades e as ações necessárias para dar efetividade no processo. “São excelentes pautas, de interesse de todos os municípios, e há boas possibilidades de concluirmos estas questões”, finalizou Perugini.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

ODATA seleciona funcionários para trabalho em Hortolândia

A empresa disponibiliza ao menos sete vagas para a cidade A empresa Odata anunciou a const…