José Nazareno, conhecido como Zezé Gomes (PL), será empossado prefeito de Hortolândia nesta terça (6), às 16h, na Câmara Municipal da cidade, devido ao falecimento do prefeito eleito Angelo Perugini (PSD), ocorrido às 10h15 de quinta-feira passada, 1º de abril, por complicações da covid-19

LEIA TAMBÉM

Diogo Zacarias/ Correio Popular

José Nazareno, conhecido como Zezé Gomes (PL), será empossado prefeito de Hortolândia nesta terça (6), às 16h, na Câmara Municipal da cidade, devido ao falecimento do prefeito eleito Angelo Perugini (PSD), ocorrido às 10h15 de quinta-feira passada, 1º de abril, por complicações da covid-19

José Nazareno, conhecido como Zezé Gomes (PL), será empossado prefeito de Hortolândia nesta terça (6), às 16h, na Câmara Municipal da cidade, devido ao falecimento do prefeito eleito Angelo Perugini (PSD), ocorrido às 10h15 de quinta-feira passada, 1º de abril, por complicações da covid-19.

Por do sol na cidade de Hortolândia

Os vereadores de Hortolândia votaram nesta segunda-feira, em sessão extraordinária, o decreto legislativo que formaliza a sucessão na Prefeitura. Zezé Gomes (PL), que foi eleito vice-prefeito, já estava à frente do Executivo desde 15 de fevereiro. Zezé foi vice-prefeito no mandato anterior e atuou como vereador por dois mandatos. Antes da vida política, foi metalúrgico e comerciante e está morando há mais de 30 anos em Hortolândia.

O presidente da Câmara Municipal, Paulo Pereira Filho (PL), o Paulão, fez um pronunciamento durante a sessão para extinguir o mandato de prefeito e convocar o substituto legal, que é o vice-prefeito, pra comparecer na Câmara hoje, às 16hs para a posse.

O pronunciamento na íntegra foi: “Em razão do falecimento do Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal de Hortolândia, Angelo Perugini, ocorrido às 10h15 do dia 1º de abril de 2021, por força do inciso 1º do artigo 377 do Regimento Interno, declaro extinto o mandato de prefeito municipal. Deste modo, convoco o substituto legal, o Senhor José Narazeno Zezé Gomes, nos temos do termos do parágrafo 2º do artigo 377, para tomar posse do cargo de prefeito municipal na sede do Poder Legislativio, às 16hs do dia 6 de abril”.

Já o projeto de decreto legislativo, que previa apenas uma troca de poder sem realização de posse, não foi votado. Este projeto passará pelas comissões permanentes para ser alterado, retirando a parte que fala da sucessão e mantendo apenas a parte que revoga o Decreto Legislativo 222/2021 que trata da licença para tratamento médico do ex-prefeito Perugini.

Continuidade

Continuidade foi a principal palavra pronunciada por Zezé Gomes, em entrevista ao Correio Popular. “Vamos intensificar o combate à pandemia. Perugini foi um guerreiro que se dedicou ao máximo para evitar mortes pela covid-19 e, infelizmente, acabou perdendo a vida para esta doença. Vamos intensificar este combate, como prioridade número um”, afirmou.

Para isto, disse que o Hospital Municipal Mario Covas e as Unidade de Pronto Atendimento (UPAs) estão sendo alvo de ampliações de leitos para atender a demanda crescente. O projeto prevê aumento de 67 para 100 leitos na cidade. Tem também o objetivo de acelerar as reformas do Centro de Diagnósticos para entregar à população o mais rápido possível.

A vacinação é outra prioridade. “Hortolândia assinou três consórcios para poder ampliar o número de pessoas vacinadas. Além das vacinas previstas pelo Estado de São Paulo, vamos buscar outras nos consórcios assinados com a Frente de Prefeitos, Nordeste e RMC”, comentou.

Zezé Gomes destacou também que vai dar continuidade ao planejamento criado há três anos em parceria com Perugini e especialistas de diversas áreas da cidade. “As obras viárias estão no alto das prioridades. A avenida será o maior viário da cidade, saindo da ponte Estaiada e seguindo até a rua da feira na Nova Hortolândia. É uma obra importante, com recurso próprio e previsão de início no segundo semestre deste ano, pois o projeto executivo está pronto e a licitação já será aberta”, afirmou.

Com estas ações, Zezé Gomes acredita que poderá reativar as atividades industriais e o comércio, além de atrair investimentos de empresas interessadas.

Cestas básicas estão também na programação, pois mais de 20 mil unidades já estão previstas para assistir famílias em vulnerabilidade, começando com as famílias de estudantes de escolas da cidade. “Além do kit de cestas básicas para famílias dos alunos vamos intensificar uma campanha de arrecadação de alimentos”, disse. “Neste novo momento da pandemia, a meta é baixar a curva de contágio e mortes para a população ter mais paz e saúde”, finalizou.

Escrito por:

Gilson Rei/ Correio Popular

Leia também

Hortolândia fecha 10 bares por dia

A Prefeitura de Hortolândia fechou 10 estabelecimentos de comércio de bebidas por dia na p…