Agentes penitenciários impediram a entrada de sete unidades de K4 ou maconha sintética escondidas em embalagens de creme central a dois sentenciados do CPP (Centro de Progressão Penitenciária) de Hortolândia.

Esses materiais haviam sido enviados pelo Sedex aos condenados. Segundo a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), os materiais foram apreendidos na quarta-feira (17).

LEIA TAMBÉM

Em uma das apreensões, os servidores localizaram quatro unidades de k4 escondidas em duas embalagens de creme dental. A droga foi enviada pela mulher de um preso.

Em outra caixa foram apreendidas três unidades de K4 em duas embalagens de creme dental. A droga foi enviada pela irmã de um sentenciado. Esta droga sintética é borrifada em papeis para ser consumida pelos detentos.

As drogas foram apreendidas na Delegacia de Hortolândia. Sempre quando ocorrem fatos deste tipo, a unidade prisional abre procedimento disciplinar para investigar os fatos.

Os presos deixarão o regime semiaberto e voltarão para o regime fechado, por causa desta falta disciplinar.

Leia também

Hortolândia fecha 10 bares por dia

A Prefeitura de Hortolândia fechou 10 estabelecimentos de comércio de bebidas por dia na p…