Pandemia afetou operação dos ônibus na cidade. Foto: Arquivo.

Aumento gradual da frota está sendo realizado de acordo com a demanda, segundo a Prefeitura

LEIA TAMBÉM

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Hortolândia, no interior de São Paulo, informou que está com 20 de 32 ônibus do transporte coletivo em operação. O aumento gradual da frota está sendo realizado de acordo com a demanda, segundo a administração municipal.

A redução do número de veículos nas linhas foi realizada devido à paralisação nas aulas e ao grande número de empresas que aderiram ao home-office no município, medidas tomadas em meio à pandemia de Covid-19.

Segundo a Prefeitura, as alterações resultaram em um fluxo menor no número de usuários do transporte público coletivo no município.

Agora, a linha de ônibus municipal que faz o trajeto Parque Perón, próximo ao Centro de Progressão Penitenciária de Hortolândia, até a Região Central, está em fase de teste.

O itinerário é operado com apenas um ônibus e o veículo circula de segunda-feira a sábado, segundo a Prefeitura.

O trajeto do coletivo, de número 3.45, é realizado pelo Corredor Metropolitano, acessando a Ponte da Esperança (Estaiada) até o Centro da cidade. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana da Prefeitura, a linha será monitorada por tempo indeterminado, podendo ser fixada de acordo com a demanda.

“A linha tem grande racionalidade de operação e rapidez de deslocamento até o Centro, passando por duas grandes conquistas da cidade de Hortolândia que são a Ponte da Esperança (Estaiada) e o Corredor Metropolitano”, afirmou o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Leia também

Região se aproxima dos 90 mil casos

Desde o início da pandemia por Covid-19,em março deste ano, a Região Metropolitana de Camp…