O 10º Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) de Piracicaba ganhou quatro viaturas blindadas do Governo do Estado. Esses veículos serão usados em operações policiais, inclusive em Americana, Hortolândia, Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré, cidades que fazem parte da área de cobertura da corporação militar.

As viaturas enviadas nesta semana fazem parte de um pacote de 70 veículos blindados adquiridos por R$ 10,7 milhões pelo Governo do Estado. As 20 primeiras unidades foram entregues em dezembro. A compra foi feita por meio de ata de registro de preços para a aquisição de veículos do modelo SUV. As outras 50 viaturas, que fazem parte do pacote, devem ser entregues na primeira quinzena de 2021. Segundo o Estado, a intenção é aumentar a segurança dos agentes durante o policiamento preventivo e ostensivo.

LEIA TAMBÉM
IMPORTÂNCIA

O comandante do Baep, tenente-coronel Fernando Aparecido de Souza, destacou a importância da destinação dos veículos à região.

“Ao proteger mais os nossos policiais, estamos protegendo mais também a população de nossa região. As viaturas blindadas serão utilizadas no combate a crimes mais violentos, para que possamos estar aptos a responder com eficiência e segurança”, disse o comandante.

“As viaturas vão garantir mais segurança aos policiais e eficiência na pronta resposta nas ruas de todo o Estado de São Paulo, melhorando as condições de segurança para a nossa população. Será a primeira polícia do Brasil a ter tamanha quantidade de veículos blindados a serviço dos seus policiais e da sua população”, afirmou o governador João Doria, em nota, no dia da entrega.

Drogas: 1ton apreendida

Em um ano de atividades e em plena pandemia do novo coronavírus, o 10º Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) de Piracicaba retirou de circulação uma tonelada de drogas nos 52 municípios de sua área de cobertura, inclusive em Americana, Hortolândia, Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré.

A informação consta em balanço das atividades divulgado pela corporação. Nesse período, foram realizadas 450 prisões, 66 apreensões de armas de fogo ilegais e 20 recuperações e entrega de veículos aos seus proprietários.

Além disso, 13 mil pessoas foram abordadas e cerca de 2,5 mil veículos vistoriados na procura de ilícitos penais.

No mesmo período, o Baep realizou 10 operações com o Ministério Público, Polícia Federal e Polícia Civil. Nessas operações, 63 criminosos ligados à facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) foram presos.

Segundo o comandante do 10º Baep, tenente-coronel Fernando Aparecido de Souza, também houve queda nos indicadores criminais durante todo o ano na região do CPI-9 (Comando de Policiamento do Interior – 9), sediado em Piracicaba.

AÇÃO | Operações do Baep apreenderam drogas (Foto: Divulgação/Baep)

Leia também

Jovem morre vítima de infarto em Hortolândia

A funcionária na Clinmed, Juliana Barros, morreu nessa quinta-feira (15), vítima de um inf…