Uma operação antifraude em postos de combustíveis aplicou R$ 1 milhão em autuações contra estabelecimentos de Hortolândia (SP) e Sumaré (SP) nesta terça-feira (14), de acordo com a Polícia Civil. Os trabalhos foram conduzidos por integrantes das delegacias Seccional e de Investigações Gerais (DIG) de Americana (SP) e resultaram em 12 bombas interditadas. Ninguém foi preso.

LEIA TAMBÉM

De acordo com a polícia, nove postos foram fiscalizados, dos quais três foram autuados – dois deles em Sumaré e um em Hortolândia. Nos comércios de Sumaré, a operação interditou dez bombas, reprovou 15 e aplicou dez autos de infração; e em Hortolândia foram interditadas duas bombas, reprovadas duas e aplicados mais dois autos de infração. Uma loja de conveniência foi notificada.

A polícia contou com apoio de guardas municipais das duas cidades, além de fiscais da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), do Procon e do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem). Amostras de combustíveis foram recolhidas e o caso segue em investigação.

Coronavírus: diferenças entre máscara cirúrgica, de pano, N95 e face shield

Coronavírus: diferenças entre máscara cirúrgica, de pano, N95 e face shield

CORONAVÍRUS

Leia também

Gaeco e PM cumprem mandados contra facção responsável por comandar tráfico em Monte Mor

LEIA TAMBÉM Gaeco e PM cumprem mandados contra facção responsável por comandar tráfico em …