A região de Campinas, da qual Hortolândia faz parte, deve recuar para a fase laranja do Plano São Paulo na reclassificação desta sexta-feira. A informação é do membro do Centro de Contingência da Covid-19 e professor da Faculdade de Medicina da Unesp Botucatu, Carlos Magno Fortaleza.

A reclassificação no plano de flexibilização deve ser anunciada pelo governador João Dória em coletiva de imprensa na sexta-feira. Atualmente, Hortolândia segue as regras da fase amarela, que permite funcionamento de bares e restaurantes, por exemplo.

LEIA TAMBÉM

O médico ressaltou que ainda faltavam ser compilados os dados desta quarta-feira para definir sobre a reclassificação. Mas em função do avanço da pandemia, a tendência já era de aumento de restrições em todo o Estado.

Será realizada nesta quinta, em Hortolândia, um encontro com prefeitos e secretários de Saúde do Departamento Regional de Saúde de Campinas para discutir ações conjuntas para combate à pandemia.

Veja as regras estabelecidas na fase laranja

  • Funcionamento de bares e restaurantes não é permitido;
  • Comércios e shoppings podem funcionar, mas com ocupação limitada a 20% da capacidade do local e horário reduzido de 4 horas seguidas em todos os dias da semana ou 6 horas seguidas em 4 dias da semana, desde que suspenso o atendimento presencial nos demais 3 dias;
  • Praças de alimentação não podem funcionar;
  • Salões de beleza e barbearias não podem funcionar; academias também não;
  • Eventos e qualquer atividades com aglomeração são suspensos.

Leia também

Em tempos de pandemia, fiscais da Prefeitura mantêm orientação diária a comércios de Hortolândia

Orientar e fiscalizar. Esta é a missão da equipe da Prefeitura que, diariamente, percorre …