Segundo a SAP (Secretaria da Administração Penitenciária), 33.563 detentos estão aptos para sair temporariamente do sistema carcerário nos próximos dias.

A saída temporária está prevista pela lei de execuções penais, dependendo de autorização judicial. Condenados no regime semiaberto, com bom comportamento, podem obter o benefício, por prazo de até sete dias, em até cinco vezes ao ano.

LEIA TAMBÉM

Muitos não voltam
No ano passado, 32.754 presidiários foram beneficiados com a saída temporária de fim do ano, segundo a pasta, dos quais 1.488 não retornaram às unidades onde cumpriam pena, representando, 4,5% do total. Em quatro anos, mais de 24,4 mil presos não voltaram após as saidinhas.

Segundo boletim da SAP, 35 presos morreram de Covid-19 desde o início da pandemia no estado de São Paulo. No mesmo período, foram confirmados 1.023 casos com exame PCR, além de 10.222 em testes rápidos.

A SAP afirmou que tem orientado os presos que serão beneficiados pela saidinha para manterem cuidados de higiene e de distanciamento ao saírem do sistema carcerário. “No retorno haverá um período de isolamento, visando monitoramento das condições de saúde”, diz trecho de nota.

Leia também

Coronavírus: prefeituras da região de Campinas confirmam novos casos nesta terça-feira, 26 de janeiro de 2021

LEIA TAMBÉM Coronavírus: prefeituras da região de Campinas confirmam novos casos nesta ter…