O Natal tem muita ligação com comida para o brasileiro. Gostamos de ceia farta e de presentear com lembranças comestíveis: panetone, biscoito de Natal, cesta natalina e cupcakes são só alguns exemplos. E em meio a uma crise econômica, com a qual muitos brasileiros enfrentam dificuldade para se recolocar no mercado, nada melhor que unir o útil ao agradável e ganhar dinheiro no Natal cozinhando.

A gastronomia já representa 16% dos empreendimentos no mercado nacional. Fora isso, 40% dos gastos médios são voltados para a alimentação. Essa área não satura fácil. A explicação? Todo mundo precisa comer, gosta de comer e, boa parte das pessoas, gosta de variar a alimentação e experimentar novas comidas.

Comerciantes autônomos encontraram na culinária uma saída para fugir dos trabalhos tradicionais e ganhar dinheiro de forma independente e, muitas vezes, sem precisar se locomover – muitos cozinham na própria casa e cobram o frete ou terceirizam o método de entrega. 

Mas há muitas dúvidas de quem quer entrar no ramo: como começar a produzir? Como escolher o que cozinhar? E ainda, como criar uma identidade visual para a marca não ser apenas mais uma no mercado? Para responder a tudo isso, o GC montou este guia que reúne as principais dicas e os primeiros passos para você que quer cozinhar para vender.

O que você vai encontrar neste Guia: 

  • O pontapé inicial: como escolher o que cozinhar
  • Planejamento: como começar a cozinhar
  • Nichos de mercado em crescimento
  • Teste antes de vender
  • Inovação: novos nichos, novas oportunidades
  • Como precificar seu produto
  • Como fazer a divulgação
  • Cursos para aprender a cozinhar para vender

Como escolher o que cozinhar para vender

Como Ganhar Dinheiro no Natal - Imagem de Mini Panetone com Laranjas e suspiros

A primeira dica para decidir o que cozinhar é o autoconhecimento. Como? É simples: se você sabe que tem mão boa para determinado prato ou uma receita que sempre arranca elogios, é nela que você tem que investir.

Acerta melhor em biscoitos do que em bolos? Cozinhe e venda biscoitos de Natal. Não sabe fazer nada de doce, mas arrasa nos assados? Que tal começar a fazer encomendas de ceia para quem não quer cozinhar na noite de Natal? Ficar de olho nas tendências é importante, mas elas precisam casar com as suas habilidades e com a estrutura que você dispõe para cozinhar.

Planejamento: como começar a cozinhar para vender

Como Ganhar Dinheiro no Natal - Ingredientes para bolo sobre um mesa

Vá com calma no começo. Se você ainda não conta com um forno grande e potente para conseguir assar vários itens de uma vez, nem uma geladeira ou freezer grandes para comportar encomendas e matérias-primas, adeque sua produção a isso. Ninguém quer desperdiçar comida e ter prejuízo, certo?

Comece aos poucos, se insira no mercado, estabeleça a marca e só pense em investir em mais equipamentos e produtos quando a demanda for necessária.

Da mesma forma, não queira produzir 10 tipos de arroz e assados ou 20 sabores de bolo. Na hora de montar sua variedade de produtos, pense em diferentes receitas em que você possa utilizar uma mesma matéria-prima.

Por exemplo: se optar por fazer arroz para o Natal, você pode variar entre arroz branco, arroz com passas, arroz de forno e por aí vai. Dessa forma, você economiza tempo e dinheiro e consegue aumentar seu cardápio.

Essa dica vale também para os doces; vale mudar apenas o recheio do panetone e usar uma mesma massa – inclusive apostar nos panetones salgados – ou até variar apenas nos formatos e decoração dos biscoitos. Use a criatividade.

Nichos de mercado em crescimento: Oportunidade para Ganhar ainda mais no Natal

Como Ganhar Dinheiro no Natal - Imagem de frutas sobre fundo branco

Dois nichos têm crescido, inclusive na época de Natal: fitness e vegetariano. 

“Vida saudável” é um tema cada vez mais falado e ganhou mais voz com influenciadoras. Assim, o ramo de comidas fitness cresce. E se tem uma coisa que é difícil de associar a ele, é o cardápio de Natal. Dessa forma, nasce uma nova demanda para a qual ainda não há muita oferta e pode ser uma grande oportunidade para começar.

O mesmo ocorre com relação às receitas veganas e vegetarianas, visto que o movimento sem carne também vem conquistando seu lugar no estilo de vida dos brasileiros. Que tal investir em uma ceia vegetariana ou até sobremesas veganas para conquistar esse público?

Teste antes de vender

Como Ganhar Dinheiro no Natal - Imagem de pedaços de chocolate com amendoim embalados com decoração natalina

Pode parecer chato, mas este é um ponto que não pode faltar se você quiser fazer sucesso com as vendas: ouvir críticas. Por isso, antes de vender para o público, faça testes! 

Peça ao namorado ou namorada, marido ou esposa, aos amigos, familiares e colegas de trabalho para te ajudarem com críticas, dicas e sugestões. No fim das contas, eles também são potenciais clientes. Assim, você já se antecipa quanto ao que os futuros clientes vão achar do seu produto e, consequentemente, antecipa o seu sucesso!

No teste, sirva seu produto aos degustadores já com a decoração e embalagem com que você venderia. Assim, eles podem avaliar o pacote completo.

Só não vale reagir mal a uma crítica e desistir logo de cara, ok? Mudando uma coisinha aqui, outra ali e até se abrindo para novos horizontes, diferentes dos quais você tinha planejado, as coisas podem dar ainda mais certo.

Como precificar o seu produto

Como Ganhar Dinheiro no Natal - Foto still de tags de preço variadas

A principal orientação para quem não tem muita afinidade com os números é partir de uma conta bem simples, que começa ao descobrir quanto custou cada produto. É o valor total gasto na matéria-prima dividido por quantas unidades você produziu com ela.

Ou seja, se você gastou R$ 20 no material para produção e produziu 20 unidades do seu produto, então, cada produto custou R$ 1. Mas, calma, não será esse o preço que você que você vai cobrar. Esse custo deve ser multiplicado po 4. Ou seja, se cada um tem o custo de R$ 1 para fabricação, o ideal é que você cobre, pelo menos, R$ 4 por unidade.

Essa conta além de visar o lucro, considera outros gastos, como a perda de algum produto que deu errado, o gasto para se locomover para fazer as compras, a embalagem, a energia elétrica, o gás e a água envolvidos no preparo.

Como fazer a divulgação e ganhar dinheiro no natal

Como ganhar dinheiro no natal - Imagem de mãos segurando um smartphone para tirar fotos de um prato de comida

A divulgação vai depender da sua intenção e do produto . Se a sua ideia for vender comidas só no Natal – ou seja, um trabalho apenas sazonal -, a recomendação é divulgar em grupos no WhatsApp e Facebook. 

Criar um perfil específico para a marca na rede social pode não ser uma boa ideia, no caso da sazonalidade. Afinal, você ficará sem alimentar a conta por muito tempo, o que pode fazer com que você precise conquistar o público novamente no ano seguinte, quando recomeçar as vendas.

Caso sua ideia seja começar com foco no Natal, mas continuar com as outras datas comemorativas e, quem sabe, pegar gosto pela coisa e fazer o ano todo, aí sim ter uma conta da marca no Instagram e Facebook é uma boa ideia.

Tire foto de tudo o que você produzir. Faça as fotos em um ambiente organizado para isso. Sem bagunça aparecendo, com uma iluminação boa, uma montagem bonita e uma boa qualidade da imagem (sem ser embaçada ou tremida). 

É possível fazer ótimas fotos em casa e com o celular. Como base, vale usar inspirações de fotos da internet – principalmente do Pinterest – e tentar reproduzir.

Depoimentos de clientes também podem ser um ótimo impulso para sua nova marca! Nada melhor que saber que alguém já comprou e aprovou um produto que você está prestes a comprar, não é? Pois é, para o seu público é a mesma coisa.

Caso crie um perfil nas redes sociais, não poste tudo de uma vez. Elabore a ideia com antecedência, tire muitas fotos e vá publicando aos poucos, mas com frequência. Uma foto por dia já fará com que sua conta não caia no esquecimento e também não enche o feed das pessoas com o famoso overposting (o ato de postar em excesso).

Cursos para aprender a cozinhar para vender

Como Ganhar Dinheiro no Natal - Imagem de pessoa despejando massa de panetone em uma tigela

Se você está com insegurança de começar a produzir, vá atrás de aprendizado! Listamos cursos presenciais e on-line, gratuitos e pagos, que vão ajudar você a ganhar dinheiro no Natal.

Chocolândia

Aula Faça e Venda Biscoitos Natalinos

Organizado por: Liliane de Sá Romera

Valor: R$ 10

Quando: 12 de dezembro, das 14h às 17h

Onde: Guarulhos (SP)

Curso Profissionalizante Intensivão de Confeitaria para Iniciantes

Organizado por: Serafina Checco

Valor: R$ 100

Quando: 12 de dezembro, das 10h às 17h

Onde: São Paulo (SP)

Aula de Bolos De Natal

Organizado por: Elaine Pigini

Valor: R$ 40,00

Quando: 14 de dezembro, das 14h às 17h

Onde: Santo André (SP)

Aula de Decoração em Minipanetones

Organizado por: Simone Comitre

Gratuito

Quando: 11 de dezembro, das 9h às 12h

Onde: São Paulo (SP)

Aula de Panetones Decorados

Organizado por: Rachel Cristina Papis

Valor: R$ 10

Quando: 11 de dezembro, das 9h às 12h

Onde: São Paulo (SP)

Aula Boutique de Panetones

Organizado por: Roseni Eguti

Valor: R$ 40

Quando: 10 de dezembro, das 18h30 às 20h30

Onde: São Paulo (SP)

Aula de Roscas Gourmet, Pães Natalinos E Sonhos

Organizado por: Roseni Eguti

Valor: R$ 35,00

Quando: 11 de dezembro, das 9h às 12h

Onde: São Paulo (SP)

Aula de Minipanetones e Chocotones

Organizado por: Rose Vitiello

Valor: R$ 10

Quando: 12 de dezembro, das 9h às 12h

Onde: São Paulo (SP)

Aula de Panetones Artesanais Doces e Salgados

Organizado por: Márcia Barga

Valor: R$ 45

Quando: 12 de dezembro das 14h às 17h

Onde: Santo André (SP)

eduK

Ceia de Natal para Comercializar

Por: Estela Whitaker

Curso on-line

Valor: R$ 77

Sebrae

Aprender a Empreender

Carga horária: 16 horas

Curso on-line

Gratuito

Quem ajudou: Adele Grandis, consultora de marketing para novos e pequenos negócios com foco em gastronomia.

Fonte: Guia da Cozinha

Leia também

Multinacional do ramo automotivo divulga vagas para Auxiliar de Produção em Sumaré; Salário até 2.573

Manpower é uma consultoria de gestão de pessoas, divulga oportunidades para atuar em multi…