Em tempos de vacas magras e altos preços das carne bovina, as pessoas estão buscando alternativas para não gastar tanto com os cortes tradicionais, que podem sair muito mais caros no fim do mês. Para não estourar o orçamento, há quem procure outras fontes de proteína, mas ainda assim muita gente não quer abrir mão da carne bovina, e nós estamos aqui pra ajudar nessa missão: comprar e preparar carnes tão boas quanto os cortes clássicos, sem gastar tanto.

Garantimos que sim, é possível fazer pratos deliciosos com cortes mais baratos e acessíveis de carne bovina, tudo sem passar por nenhuma dificuldade na cozinha – ou seja, só com receitas práticas para o dia a dia, sem precisar desembolsar muito, com as carnes escaladas no segundo time.

Então prepare o caderno de receitas e acalma o bolso porque nós temos algumas soluções para fugir da carne bovina mais cara – e chegou o momento de compartilhá-las com vocês:

Polpetone

Corte: Paleta de carne bovina
Tempo de preparo: 30 a 40 minutos
Nível: Para um almoço

Ingredientes:
250g de Paleta bovina moída
15g de parmesão
1 gema de ovo
100g de Mussarela (em pedaço ou ralada)
100g Farinha de Trigo
100g de Farinha de Rosca
1 ovo
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo: Misture a paleta de carne bovina moída em um recipiente com a gema, o parmesão, o sal e a pimenta. Divida a massa em 2 partes (por volta de 150g cada parte) e faça uma bola com cada uma. Com a ponta do dedo, faça um buraco no meio da bola de carne e recheie com mussarela. Feche a bola e aperte bem – isso evita que a carne estoure e vaze o recheio. Achate a bola de carne e empane em 3 tempos; farinha de trigo, ovo e farinha de rosca – todos temperados com sal e pimenta do reino a gosto. Frite em imersão no óleo (temperatura de 180°C) até dourar. Escorra e leve ao forno pré-aquecido a 190°C por 15 minutos.

Complementos: Ótimos acompanhamentos são molho sugo, manjericão fresco, chips de batata e salada de rúcula.

Comentários: Parece uma grande almôndega recheada. Serve bem em um almoço de família de domingo, por exemplo. Vale trocar a farinha de rosca por farinha panko, combina super bem e deixa o resultado mais crocante.

Fraldinha com Legumes Grelhados

Corte: Fraldinha
Tempo de preparo: 15 a 20 minutos
Nível: Para levar de marmita para o trabalho

Ingredientes:
1 Peça de Fraldinha (por volta de 500g)
Sal grosso triturado
Legumes que você já tem na geladeira, como cenoura, meia abobrinha, algumas cabeças de brócolis, couve-flor e palmito
20g de Salsinha picada
20g de Cebolinha picada
20g de Manjericão-roxo
Sal e Pimenta do reino a gosto

Modo de preparo: Limpe a peça de carne, retirando os nervos e membranas. Divida-a em 2 tiras, cortando no sentido do comprimento e contra a fibra da carne. Tempere com o sal grosso triturado. Aqueça bem uma frigideira antiaderente ou uma chapa com azeite. Grelhe a carne até o ponto da sua preferência. Reserve.

Para os legumes, lave e corte-os em tiras grandes. Caso use cenoura, brócolis e couve-flor, eles devem ser cozinhados em água quente com sal por volta de 8 a 10 minutos para não ficarem duros. Já a abobrinha e o palmito não precisam passar pela água.

Aqueça novamente a mesma frigideira ou chapa usada para fritar a fraldinha. Esquente bem com azeite e, em seguida, coloque os legumes. Frite-os até começar a formar uma casca por volta das tiras e tempere com sal e pimenta. Desligue o fogo e adicione a salsinha a cebolinha e o manjericão-roxo.

Complementos: Acompanha bem arroz (branco ou integral) ou uma farofa bem temperada.

Comentários: Ótima receita para levar na quentinha do dia a dia. Lembre-se que usar a mesma frigideira para fritar a carne e os legumes faz com que os legumes fiquem mais saborosos.

Dica para saber o ponto da carne:

Para quem não tem o costume de preparar carnes bovinas, saber o ponto em que ela está pode parecer uma tarefa complicada – mas não precisa ser! Pra deixar essa missão mais fácil, temos uma dica super prática que vai te ajudar a preparar esses e outros pratos com carne! A dica é bem simples e você só vai precisar usar suas mãos.

O primeiro passo é escolher o ponto da carne de sua preferência; mal passada, ao ponto, ao ponto pra bem ou bem passada. A partir daí, é só unir a ponta do seu dedão ao dedo equivalente a cada ponto. Se você tiver escolhido mal passada, o dedo utilizado será o indicador, caso opte por ao ponto, será o dedo médio, para a carne ao ponto para bem, o dedo de referência é o anelar e para mal passada, o mindinho.

Ao unir a ponta do dedão com a ponta do dedo equivalente, a “almofadinha” da mão abaixo do dedão ficará com a maciez – ou dureza – do ponto da carne. Assim, é só apertá-la e comparar com a carne – se a estrutura estiver parecida, maior a chance de você acertar no ponto.

Costela de carne bovina na pressão com Mix de cogumelos

Corte: Costela bovina
Tempo de preparo: 2 a 2:30 horas
Nível: Para um jantar

Ingredientes:
1kg de Costela Bovina
500ml de Vinho tinto (pode ser barato, como Chalise ou similar)
1 Cebola branca
1 Cenoura
2 talos de Salsão
Mix de cogumelos: Shitake, Shimeji, Paris fresco, portobello
150g de Manteiga
150g Farinha de Trigo
Sal e pimenta a gosto
20g de Salsinha picada
20g de Ciboulette (cebolinha francesa)

Modo de preparo: Divida a costela em pedaços menores, tire o excesso de gordura, tempere com sal e pimenta e reserve. Corte a cebola, a cenoura e o salsão grosseiramente e coloque-os na panela de pressão destampada. Frite rapidamente e adicione a costela temperada e o vinho tinto. Quando o vinho estiver quase secando, cubra a costela com água e tampe a panela. Mantenha em fogo baixo por 1h30 – cuidado com a panela! Corte os cogumelos e reserve-os.

Em uma panela pequena, esquente a manteiga e adicione a farinha de trigo para produzir uma pasta escura (roux) e coloque na geladeira. O roux terá a função de engrossar o caldo – caso não tenha farinha de trigo ou prefira não usá-la, uma opção é adicionar amido de milho direto ao caldo. Desligue o fogo da panela de pressão e espere toda pressão sair. Abra-a e separe a carne. Se o osso da costela sair com facilidade, a carne estará no ponto certo. Coe o caldo e reserve-o.

Em outra panela, frite os cogumelos e adicione o caldo da panela. Com auxílio do fuê, adicione o roux aos poucos. Engrosse o caldo com cogumelos e reduza-o. Prove o sal e despeje por cima do pedaço de costela cozido. Adicione a salsinha e o ciboulette picado por cima e sirva.

Complementos: Acompanha bem arroz, agrião fresco e palha de mandioquinha

Comentários: Costela é uma carne bem gordurosa, porém saborosíssima – e é possível limpar a gordura após o cozimento. Cuidado ao manipular a panela de pressão; verifique se todas as condições de segurança estão em dia.

Lanche de costela bovina

Corte: Costela bovina
Nível: Lanche
Receita: Sanduíche de Costela desfiada

Para aproveitar as sobras da costela da receita anterior, desfie a carne e sirva no pão – que pode ser francês para um lanche individual à noite, de forma para levar para o trabalho ou, caso tenha sobrado bastante carne, em uma baguete para dividir com os amigos.

Complementos: Caso queira mudar um pouco o sabor, vale adicionar alface americana e cenoura e pepino ralados ao sanduíche. Dessa forma, a receita também fica mais saudável.

Receitas por: Matheus Arouca, chef.

Fonte: Guia da Cozinha

Leia também

⚽ Jovem jogador de futebol morre com suspeita de Covid-19

Um jovem jogador de futebol, Gustavo Odilon Trajano da Silva, morreu com suspeita de Covid…