São Paulo se prepara para comemorar seu 466º aniversário neste sábado (25.01). Serão muitas programações gratuitas para os paulistanos curtirem a cidade e aproveitarem ao máximo a cidade amada. E como não poderia ser diferente, nós do Guia da Cozinha selecionamos 9 receitas paulistanas para comemorar essa data tão especial que agitará a cidade neste fim de semana.

1. Coxinha de frango tradicional

Receitas paulistanas: coxinhas

Para começar com as receitas paulistanas, nada melhor que a coxinha, que é marca registrada da cidade – quem nunca foi ao Veloso, pertinho do metrô Ana Rosa, comer uma coxinha de fim de semana? Mas, para ser um paulistano ainda mais completo, que tal aprender a fazer o salgadinho tradicional da cidade?

Tempo: 2h
Rendimento: 50 unidades
Dificuldade: fácil

Ingredientes da coxinha de frango tradicional

  • 4 xícaras (chá) de leite
  • 1 xícara (chá) de água
  • 1 envelope de tempero em pó para aves
  • 5 colheres (sopa) de manteiga
  • 5 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 3 colheres (sopa) de água para empanar
  • 2 ovos para empanar
  • 2 xícaras (chá) de farinha de rosca para empanar
  • Óleo para fritar

Recheio

  • 3 colheres (sopa) de óleo
  • 1 cebola picada
  • 1 envelope de tempero em pó para aves
  • 1 colher (sopa) de ketchup
  • 4 xícaras (chá) de peito de frango cozido e desfiado
  • 2 tomates picados
  • 1/3 de xícara (chá) de cheiro-verde picado
  • Sal a gosto

Modo de preparo

Em uma panela grande, em fogo médio, aqueça o leite, a água, o tempero em pó e a manteiga. Cozinhe por 5 minutos ou até que comece a ferver. Adicione a farinha de trigo de uma só vez e mexa com uma colher de pau até soltar do fundo da panela. Coloque sobre uma superfície lisa e espere esfriar.

Para o recheio, aqueça uma panela com o óleo, em fogo médio, e refogue a cebola por 3 minutos. Acrescente o tempero, o ketchup, o frango, o tomate e refogue por 3 minutos. Desligue, junte o cheiro-verde, tempere com sal e misture.

Abra porções da massa fria nas mãos, coloque um pouco do recheio e feche, modelando as coxinhas. Passe as coxinhas pela mistura de água com ovo e depois pela farinha de rosca. Frite, aos poucos, em óleo quente até dourarem. Escorra sobre papel-toalha e sirva.

2. Cuscuz paulista

Como o próprio nome já diz, o cuscuz paulista é uma das receitas paulistanas mais famosas. Tudo bem, é certo que ele não é só da cidade, mas como estamos falando da capital, é claro que ele marca muita presença por aqui, não é? E pode marcar presença inclusive no seu prato, já que estamos garantindo a receita de bandeja por aqui.

Tempo: 40min
Rendimento: 30
Dificuldade: fácil

Ingredientes do Cuscuz paulista 

  • 1 litro de água
  • 4 cubos de caldo de galinha
  • 1/2 xícara (chá) de óleo
  • 1 xícara (chá) de cebola picada
  • 1 pimenta dedo-de-moça picada
  • 2 xícaras (chá) de tomate sem pele e sem sementes picado
  • 2 colheres (sopa) de extrato de tomate
  • 1 tomate em rodelas
  • 2 latas pequenas de sardinha (250g)
  • 4 ovos cozidos em rodelas
  • 1/2 xícara (chá) de azeitonas verdes picadas
  • 1 lata de ervilha escorrida
  • 1 pimentão verde picado
  • 4 xícaras (chá) de farinha de milho

Modo de preparo do Cuscuz paulista

Em uma panela grande, em fogo médio, ferva a água com o caldo de galinha e reserve. Em outra panela grande, esquente o óleo, em fogo médio e refogue a cebola e a pimenta. Adicione o tomate e o extrato de tomate e frite por 3 minutos. Adicione a água com o caldo de galinha e ferva por 15 minutos.

Em forminhas pequenas de empada, untadas, decore o fundo com tomate, sardinha, ovo cozido, azeitona e ervilha. Com o que restou da decoração, pique e coloque na panela junto com o pimentão e ferva por mais 2 minutos. Prove para acertar o sal e desligue.

Aos poucos, vá colocando a farinha e mexendo com uma colher de pau. Arrume essa massa nas forminhas e cubra com um pano úmido. Aperte delicadamente e espere esfriar para tirar da forma. Pode ser feito de um dia para o outro e guardado na geladeira. Desenforme, sirva acompanhado de salada de folhas.

3. Virado à paulista

Virado à Paulista

Mais paulista que isso impossível! O Virado à Paulista é um prato típico do estado, mas também se encaixa entre as receitas paulistanas. Ele tanto é um dos pratos mais famosos por aqui que foi tombado como patrimônio cultural imaterial de São Paulo. Quem ainda não experimentou, pode aproveitar a receita e fazer já para comemorar o aniversário da cidade com grande estilo!

Dificuldade: fácil
Tempo de preparo:  1h (+6h de molho)
Rendimento: 8 porções

Ingredientes do Virado à paulista

  • 2 e 1/2 xícara (chá) de feijão-carioca
  • 200g de bacon picado
  • 3 colheres (sopa) de óleo
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 cebola picada
  • 2 gomos de calabresa fatiada
  • 1 xícara (chá) de farinha de mandioca
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • Cebolinha para polvilhar

Bisteca

  • 8 bistecas suínas
  • 3 dentes de alho amassados
  • 2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • Arroz branco, banana frita, ovo frito, couve refogada e torresmo para acompanhar

Modo de preparo

Coloque o feijão em uma tigela, cubra com água e deixe de molho por 6 horas. Escorra, coloque em uma panela de pressão com água e cozinhe por 25 minutos depois de começar a chiar. Desligue e deixe sair a pressão. Abra a panela e escorra metade da água. Divida o feijão em duas partes, espere esfriar e bata uma delas no liquidificador até formar uma pasta, reserve.

Em uma panela grande, coloque o bacon e o óleo e frite até dourar. Adicione o alho, a cebola, a calabresa e refogue por 5 minutos. Despeje o feijão batido reservado, o feijão em grãos reservado, a farinha, sal e pimenta e misture bem até ficar cremoso. Transfira para uma travessa e polvilhe com cebolinha.

Para a bisteca, tempere a carne com o alho, o cheiro-verde, sal e pimenta. Aqueça uma frigideira com o óleo e frite as bistecas até dourar dos dois lados.

Transfira para uma travessa e sirva acompanhado do virado, do arroz branco, banana frita, ovo frito, couve refogada e torresmo para acompanhar.

4. Cachorro-quente especial

Ele pode até dividir opiniões, mas continua sendo uma das receitas paulistanas mais queridinhas. E agora, com a receita em mãos, nada te impede de fazer o cachorro-quente super completo em casa e levar para os amigos experimentarem esse pedacinho de São Paulo.

Tempo: 30min
Rendimento: 12 porções
Dificuldade: fácil

Ingredientes do cachorro-quente especial

Lanche

  • 12 minipães franceses
  • 12 minissalsichas aferventadas
  • 1/2 xícara (chá) de purê de mandioquinha pronto
  • 1/2 xícara (chá) de milho verde escorrido
  • 1/2 xícara (chá) de queijo mussarela ralado
  • 1/2 xícara (chá) de batata palha
  • Ketchup e mostarda a gosto

 Maionese

  • 1 dente de alho picado
  • 1 colher (sopa) de suco de limão
  • 1/2 colher (chá) de sal
  • 2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado
  • 2 colheres (sopa) de azeitona picada
  • 1/3 xícara (chá) de leite gelado
  • 3/4 de xícara (chá) de óleo (aproximadamente)

Modo de preparo

Para a maionese, coloque no liquidificador o alho, o suco, o sal, o cheiro-verde, a azeitona, o leite e bata até homogeneizar. Sem parar de bater, acrescente o óleo em fio até obter consistência de maionese. Se necessário, adicione mais óleo até conseguir a consistência desejada. Reserve.

Para montar o lanche, corte os pães ao meio, passe a maionese e disponha a salsicha. Cubra com uma camada de purê de mandioquinha, milho, queijo, batata palha, ketchup e mostarda. Se desejar, coloque em um saquinho para cachorro-quente e sirva.

5. Pastel de feira

Pastel de feira

Tem coisa mais a cara de São Paulo do que acordar para ir à feira mais próxima de casa para comer pastel de feira com caldo de cana? Provavelmente não. Portanto, é claro que essa é uma receita que não poderia faltar de jeito nenhum na nossa listinha de receitas paulistanas, não é? Então, chegou a hora de trazer a feira para sua casa, fazer o seu próprio pastel e chamar os amigos para experienciar esse pedacinho na cidade no cafofo da sua casa.

Tempo: 1h
Rendimento: 30 unidades
Dificuldade: fácil

Ingredientes do Pastel de feira

  • 1 colher (sopa) de óleo
  • 400g de carne moída
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 tomate picado
  • 2 ovos cozidos picados
  • 3 colheres (sopa) de cheiro-verde picado
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 500g de massa de pastel
  • Óleo para fritar

Modo de preparo

Em uma panela, em fogo médio, aqueça o óleo e frite a carne até dourar. Junte a cebola, o alho, o tomate e refogue até secar bem. Adicione os ovos picados, o cheiro-verde, sal, pimenta e deixe esfriar. Abra a massa de pastel, corte em retângulos, coloque o recheio e feche as laterais, apertando com um garfo para não abrir na hora da fritura. Frite, aos poucos, em óleo quente, em imersão, até dourar. Escorra em papel absorvente e sirva.

6. Pão na chapa com Catupiry®

Pão na chapa com Catupiry

Um clássico de quem mora em São Paulo: chegar na “padoca” e pedir um pão na chapa acompanhado de um pingado. A combinação é quase um abraço matinal – ou vespertino – para os paulistanos. Mas tem quem incremente o pão na chapa clássico, seja com Catupiry ou requeijão.

Tempo: 20min
Rendimento: 2 porções
Dificuldade: fácil

Ingredientes do pão na chapa com Catupiry®

  • 2 pães franceses
  • 300g de Catupiry®

Modo de preparo

Corte os pães ao meio e recheie cada uma das partes com o Catupiry®. Aqueça uma frigideira antiaderente em fogo alto, coloque os pães e deixe no fogo até ficarem dourados e formarem uma casquinha. Retire do fogo e sirva em seguida.

7. Sanduíche de pernil

Quem vai aos jogos em estádio, principalmente no bom e velho Pacaembu, conhece bem essa receita; o meu, o seu, o nosso sanduíche de pernil. Ele é prático, simples e delicioso – e pode ser feito por você em casa com muita facilidade. Ou seja, não poderia faltar nesta lista de receitas paulistanas, né?

Tempo: 25min
Rendimento: 8 porções
Dificuldade: fácil

Ingredientes do sanduíche de pernil

  • 4 colheres (sopa) de azeite
  • 2 cebolas fatiadas
  • 1/2 pimentão verde picado
  • 1/2 pimentão amarelo picado
  • 1 tomate picado
  • 800g de pernil cozido e desfiado
  • 3 colheres (sopa) de cheiro-verde picado
  • Sal e pimenta-do-reino gosto
  • 6 baguetes de pão francês
  • 200g de queijo mussarela ralado

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o azeite em fogo médio, e refogue a cebola e os pimentões por 3 minutos.

Adicione o tomate, o pernil, o cheiro-verde, sal, pimenta e refogue por mais 5 minutos. Desligue e reserve.

Abra os pães ao meio e divida o pernil refogado entre eles, coloque uma porção de queijo em cada um e sirva em seguida.

8. Pizza marguerita

Receitas paulistanas: Pizza Marguerita

Há quem diga que a pizza de São Paulo é a melhor do mundo – melhor até que a da Itália. Por isso, esta receita não poderia ficar de fora da lista de receitas paulistanas, certo? Pode pedir, pode fazer em casa, só não pode brigar com o amiguinho carioca que quer colocar ketchup nela, ok?

Tempo: 1h (+1h de descanso)
Rendimento: 8
Dificuldade: fácil

Ingredientes da Pizza Marguerita

  • 15g de fermento biológico fresco
  • 1/2 xícara (chá) de água morna
  • 4 colheres (sopa) de iogurte natural
  • 1/4 de xícara (chá) de óleo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 2 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo (aproximadamente)
  • Farinha de trigo para enfarinhar
  • Óleo para untar
  • Cobertura:
  • 1/2 xícara (chá) de molho de tomate caseiro
  • 200g de queijo mussarela ralado
  • 2 tomates médios maduros fatiados
  • 50g de queijo parmesão ralado
  • Folhas frescas de manjericão a gosto

Modo de preparo

Dissolva o fermento na água, adicione o iogurte, o óleo e o sal e misture. Acrescente a farinha, aos poucos, mexendo com uma colher até soltar da lateral da vasilha. Sove por 5 minutos ou até obter uma massa lisa e macia. Forme uma bola, cubra e deixe descansar por 1 hora ou até dobrar de volume.

Abra a massa com a ajuda de um rolo sobre uma superfície enfarinhada, formando um disco de 30cm de diâmetro com as bordas levemente mais grossas. Transfira para uma assadeira untada e fure ligeiramente com um garfo. Espalhe o molho e leve ao forno alto, preaquecido, por 10 minutos. Cubra com a mussarela, o tomate e polvilhe com o parmesão. Asse por mais 10 minutos ou até dourar levemente. Espalhe o manjericão e sirva.

9. Sanduíche de mortadela

Pode até ser coisa de turista, mas não dá pra negar que o sanduíche de mortadela do Mercado Municipal é uma das receitas paulistanas mais conhecidas – uma marca registrada de São Paulo. É inegável que vale a viagem pelo menos uma vez na vida para conhecer a obra arquitetônica de Ramos de Azevedo e comer algumas delícias que só se encontra lá. Mas saiba que dá para levar um pedacinho do centro para sua casa e fazer o sanduíche de mortadela clássico sem sair do conforto do seu lar.

Tempo: 30min
Rendimento: 1
Dificuldade: fácil

Ingredientes do Sanduíche de mortadela

  • 1 pãozinho francês
  • Recheio:
  • 2 fatias de queijo mussarela
  • 1 fatia de tomate
  • Sal e orégano a gosto
  • 20g de picles de pepino
  • 2 fatias de mortadela não muito finas

Modo de preparo

Em uma frigideira antiaderente, coloque uma fatia de mortadela, as fatias de mussarela, o tomate temperado com sal e orégano e o picles. Cubra com a outra fatia de mortadela e deixe fritar por 5 minutos de cada lado ou até dourar. Retire, coloque no pão e sirva.

Fonte: Guia da Cozinha

Leia também

IBM divulga oportunidade(s) para Jovem Aprendiz – v2079238

Descrição Elegibilidade: – Pessoas a partir de 16 anos (candidatos a jovem aprendiz …