O CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), órgão da Prefeitura de Hortolândia, realizou seu tradicional arraiá, mas, desta vez, online, por conta do distanciamento social. O objetivo principal da ação foi levar alegria e motivar os idosos durante a pandemia. O vídeo foi disponibilizado no Whatsapp, na tarde desta quarta-feira (01/07), e ainda rende comentários nos grupos.

A sede da Melhor Idade, no Remanso Campineiro, ganhou uma linda decoração e as professoras usaram trajes típicos. Com muita animação, a coordenadora Fernanda Fadiga fez toda a apresentação, conduzindo a programação, que se encerrou com uma quadrilha adaptada, para manter o distanciamento.

LEIA TAMBÉM

Segundo Fernanda, o resultado desta ação foi bem positivo. “A interação foi bem legal, recebemos várias mensagens no Whatsapp. Eles ficaram felizes e até emocionados com a nossa preocupação e carinho. Nós buscamos sempre propor e desenvolver novas atividades para que eles fiquem motivados e se divirtam”, disse a psicóloga.

Para a aposentada Neusa Ferreira da Cruz, que é moradora da Vila Real, o sentimento é de gratidão. Ela frequenta o CCMI desde 2017 e participa das aulas de exercícios físicos, vôlei, grupo da coreografia e, também, joga dominó no Jori (Jogos Regionais dos Idosos).

“Eu senti muita emoção ao ver o vídeo da festa julina e muito agradecida a todas as equipes que fizeram esta festa linda para nos homenagear. Eu sinto muita falta de estar participando desses eventos, mas no momento, infelizmente, temos que ficar em casa. Eu estou me cuidando e digo que está sendo uma experiência não muito boa, pois o CCMI é a minha segunda casa. Em breve, estaremos juntos novamente, eu só tenho que agradecer a todos por sempre se preocuparem com os idosos. Meu muito obrigada”, disse Neusa.

Em meio à pandemia enfrentada, estar isolado pode gerar uma avalanche de emoções, o que é capaz de colocar em risco a saúde mental. Pensando nisso, o CCMI propõe atividades diversificadas de esporte, cultura e lazer. 

Atualmente com duas unidades, uma no Remanso Campineiro e outra no Jardim Amanda, o Centro de Convivência da Melhor Idade possui cerca de 1.500 idosos cadastrados.

Varal Solidário

Inspirado na solidariedade e no cuidado com o próximo, o CCMI disponibilizou, em doze bairros distribuídos pela cidade, o “Varal Solidário”. No lugar de roupas, os prendedores seguravam kits de máscaras disponibilizadas, gratuitamente, para quem passava no local.

As máscaras, de TNT duplo com elástico, foram confeccionadas por integrantes do CCMI em suas residências, doando seu tempo, trabalho e costurando com carinho. Cada kit pendurado no varal continha duas unidades e uma mensagem com as instruções de uso e higiene.

Corrente do bem

Outra ação realizada durante a quarentena é a “Corrente do Bem”. Os idosos participantes do programa foram convidados a escrever bilhetes, com mensagens de perseverança e otimismo. Quando a equipe do CCMI ia buscar o bilhete, o idoso recebia uma rosa com uma mensagem escrita por outro colega. A atividade foi realizada com 15 idosos integrantes do grupo da coreografia e será expandida.

Mantenha-se ativo

Para auxiliar os idosos durante a quarentena, além do monitoramento para averiguar a saúde física e psicológica, os integrantes do CCMI participam de grupos de WhatsApp e recebem videoaulas de atividades físicas, mensagens motivacionais, fotos antigas tiradas durante as atividades para relembrar momentos e, assim, matar a saudade.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Boehringer Ingelheim divulga oportunidade(s) para Estágio em TI – v2110792

Descrição Estágio na área de TI Funções & Responsabilidades:   &nb…