A rede hospitalar de Hortolândia recebeu, nesta sexta-feira (22/01), as doses de vacina contra COVID-19 para imunização de profissionais da linha de frente no combate ao Coronavírus. Tanto o Hospital Municipal Mário Covas quanto o hospital particular Samaritano foram beneficiados.

O Hospital Municipal iniciou imediatamente a vacinação de profissionais técnicos. A primeira funcionária a receber a vacina foi a enfermeira Giovana Cristina Camilo, de 38 anos, que atua no Serviço Controle de Infecção Hospitalar da unidade há 3 anos. “Tenho um sentimento de vitória hoje. Minha expectativa é que todos os colegas sejam vacinados em breve, para que possamos trabalhar em segurança”, disse, logo após receber a vacina. “É muito bom saber que teremos profissionais imunes, preparados para receber e cuidar da população”, enfatizou a coordenadora do Hospital Municipal, Marlene Meira de Satélis Freitas, destacando que a vacinação ajudará a manter completo o quadro de trabalhadores à disposição da comunidade.

LEIA TAMBÉM

As vacinas que chegaram nesta quarta-feira (20/01) em Hortolândia também atendem a rede particular. A técnica de enfermagem Luciane Canever da Silva, de 47 anos, trabalha há nove anos no Hospital Samaritano de Hortolândia e foi a primeira profissional vacinada naquela unidade, logo que as vacinas forma entregues pela Prefeitura. “Atuo na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e no pronto socorro e, por este motivo, tenho contato com pacientes com Coronavírus. Não fiquei doente neste período de pandemia, mas o risco é muito grande. Fico feliz em ter sido vacinada, por estar protegida, e pela vacina representar esta esperança para a população em geral de que estamos vencendo a doença”, comemorou. “Estamos muito felizes com a chegada da vacina. Sentimos o empenho da Prefeitura em colaborar para que o maior número de profissionais da linha de frente sejam vacinados. Esperamos, agora, a complementação das doses para que todos os funcionários sejam imunizados”, completou o diretor do Hospital Samaritano, Mauro Villa Real, agradecendo o apoio da Prefeitura em relação à instituição médica.

O primeiro lote de vacinas contra a COVID-19 chegou em Hortolândia na noite desta quarta-feira (20/01). De acordo com a Secretaria de Saúde, foram enviadas pelo governo estadual 2.840 doses. O município aguardará a chegada de mais lotes da vacina para ampliar a imunização aos demais públicos, conforme o calendário definido pela Secretaria de Estado da Saúde.

De acordo com o Plano Municipal de Vacinação contra COVID-19 da Secretaria de Saúde, serão vacinados nesta primeira etapa profissionais técnicos da rede municipal de saúde e da rede particular que atuam na linha de frente no combate ao Coronavírus, além de profissionais e idosos de ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos).

A Prefeitura de Hortolândia realizou, na tarde desta quinta-feira (21/01), ato simbólico para marcar o início da vacinação dos profissionais de linha de frente da saúde contra a COVID-19. O primeiro servidor a receber a imunização foi o auxiliar de enfermagem Sílvio Carlos Palmiro, de 58 anos, profissional que atua na UR (Unidade Respiratória) Nova Hortolândia, servidor da rede municipal de saúde desde 1993.

PRÉ-CADASTRO

A Prefeitura mantém o pré-cadastro para a segunda fase da vacinação contra a COVID-19. De acordo com a Secretaria de Saúde, o pré-cadastro é para melhor organizar o agendamento para o início da vacinação e, com isso, evitar aglomeração, conforme os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

Profissionais da rede particular de saúde e idosos com 60 anos ou mais podem fazer o pré-cadastro online, por meio do site da Prefeitura, http://www2.hortolandia.sp.gov.br/. Basta clicar no respectivo banner. No pré-cadastro, o interessado deverá informar nome, bairro, telefone, data de nascimento, número do CPF (Cadastro de Pessoa Física), informar se é profissional de saúde e se tem alguma deficiência motora, que dificulte o acesso ao local de vacinação.

A Secretaria de Saúde fará a verificação destes dados com o cadastro da pessoa no e-SUS, que é o banco nacional de dados do sistema público de saúde. Caso os dados estejam corretos, a informação do agendamento de cada pessoa estará disponível para consulta no site da Prefeitura. Para fazer a consulta, é necessário informar o CPF e a data de nascimento.

Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados. A data da aplicação da vacina será agendada conforme a ordem de prioridade definida pela Secretaria Estadual de Saúde e mediante a entrega do imunizante pelo governo estadual.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Cronograma para a vacinação de idosos acima de 77 anos

A Secretaria de Saúde de Monte Mor, seguindo o Plano Estadual de Imunização (PEI), informa…