O “Dia das Mães”, comemorado no segundo domingo do mês de maio, é uma das datas comemorativas que mais costumam movimentar o comércio. Neste ano, a data cai no próximo domingo (09/05). Com o aumento das vendas on-line e do comércio em lojas físicas, o Procon de Hortolândia, órgão de defesa do consumidor vinculado à Prefeitura, orienta o consumidor com dicas para a hora de comprar o presente para as mamães.

De acordo com o órgão, buscar informações sobre o fabricante do produto que será comprado é essencial para o sucesso na hora de agradar a pessoa presenteada. Seja de maneira on-line ou física, a qualidade do serviço de atendimento ao cliente, a rede de assistência técnica autorizada, a existência de reclamações registradas nos Procons são fundamentais no ato da compra. “O consumidor tem prazos na hora de realizar a reclamação junto ao fornecedor, caso o produto comprado apresente problemas na fabricação. Os prazos de reclamação são de 30 dias para produtos não duráveis, como, por exemplo, alimentos e flores, uns dos mais comprados nos ‘Dia das Mães’, ou 90 dias no caso de produtos duráveis, por exemplo, eletrodomésticos, roupas e perfumaria”, explica a diretora do Procon em Hortolândia, Ana Paula Portugal Ferreira.

LEIA TAMBÉM

FIQUE ATENTO COM A NOTA FISCAL

Também de acordo com o órgão de defesa do consumidor, na compra de qualquer produto, a nota ou cupom fiscal deve ser entregue ao consumidor. Produtos como eletroeletrônicos, eletrodomésticos, itens de tecnologia, tablets, smartphones, entre outros, contam com manual de instrução e termo de garantia e devem ser entregues em língua portuguesa.

DIREITOS TAMBÉM PARA QUEM EFETUA COMPRAS ON-LINE

De acordo com o Procon, se a compra for realizada de maneira digital, que não seja na loja física, o consumidor pode se arrepender da compra no prazo de 7 dias após o recebimento do produto, mas deve guardar a nota fiscal da compra e manter o produto nas mesmas condições em que recebeu. No comércio eletrônico, o comprador deve se atentar ao prazo de entrega e o fornecedor garantir a chegada do produto no tempo exato. Ter em mãos prints das ofertas, dos prazos, dos valores e do preço do frete também são essenciais para eventuais reclamações.

ATENDIMENTO À POPULAÇÃO

Os serviços prestados pelo Procon contribuem para evitar fraudes, preços abusivos, entre outras questões nas relações de consumo, além de fiscalizar estabelecimentos com o objetivo do cumprimento das leis do Código de Defesa do Consumidor, instituído no Brasil em 1990. 

Para conseguir atendimento e, também, realizar denúncias, o consumidor deve enviar ao e-mail ao endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Além do correio eletrônico, o Procon de Hortolândia também está atendendo, das 9h às 15h, por meio dos telefones (19) 3819-1400, ramais 7034 ou 7035, (19) 3819-1024 ou via WhatsApp pelos números (19) 99635-4208 e (19) 99979-5162.

Ao acessar o endereço http://procon.hortolandia.sp.gov.br/ ou site oficial da Prefeitura de Hortolândia, http://www2.hortolandia.sp.gov.br/, e ir até a aba “Procon”, o munícipe também terá acesso ao site do órgão, uma novidade no atendimento.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Multinacional argentina ARCOR está com oportunidades para 13 cargos diferentes

Com mais de 39 anos de história compartilhando momentos mágicos em todo o território brasi…