Quer receber as principais Notícias de Hortolândia e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Objetivo é garantir saúde das espécies e preservar o meio ambiente

A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, orienta a população como fazer o corte e a poda correta de galhos de árvores, sem prejudicar o meio ambiente (confira abaixo). Segundo a Lei Municipal nº 1.937/2007, as podas de árvores devem obedecer às instruções previstas no GAUH (Guia de Arborização Urbana de Hortolândia). O corte, transplante ou intervenção é autorizado mediante Laudo Técnico, emitido pelo profissional habilitado pela Administração Municipal. Todas as solicitações deverão ser protocoladas na Prefeitura.

Para ensinar a população, a Administração criou o folder “Poda Consciente de Árvores”, material educativo que explica quando a poda é necessária, jeito certo de fazer o corte, como solicitar o serviço à Prefeitura e como evitar multas. O panfleto é encontrado em prédios públicos e distribuído nas atividades de educação ambiental realizadas em várias regiões da cidade.

Caso o procedimento não seja respeitado, o autor ficará sujeito a multa, que varia de R$307,24   à  R$1.753,27 . Caso não cumpra o procedimento, a pessoa pode ter o nome inscrito no Serviço de Dívida Ativa.

A secretária-adjunta de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Eliane Nascimento, explica que o objetivo da Administração é orientar a população sobre o procedimento correto, para que o morador não sofra as consequências previstas em Lei. “Informando a população sobre a maneira correta de realizar a poda do galho das árvores, evitamos crimes ambientais e acidentes que possam acontecer. Esclarecer dúvidas comuns sobre o assunto é importante para facilitar na hora de pedir ou realizar o serviço”, observa a secretária-adjunta.

Para mais informações, o telefone é 3965-1400 / Ramal 7906.

DICAS PARA A PODA CONSCIENTE DAS ÁRVORES

As árvores não precisam de podas anuais já que, com os cortes, os galhos ficam mais suscetíveis a entrada de fungos (doenças), formigas e cupins (pragas), podendo deixá-las doentes e até morrer.

As podas são necessárias quando: 

– os galhos mais baixos dificultam a passagem de pedestres ou de veículos;

– os galhos secos ou doentes oferecem risco de queda em construções, fios elétricos ou mesmo sob pessoas; 

– para conduzir o crescimento adequado da muda até se tornar uma árvore adulta;

É necessária autorização para fazer a poda de árvores?

Sim. A “Autorização de Poda” é  feita pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone 39651400, no ramal 7912. 

O que gera multa?

* Podas irregulares, como: poda drástica, poda de rebaixamento, poda lateral, poda sem a “Autorização de Poda”;

* Corte sem “Autorização de Corte”;

* Transplante de árvore sem a “Autorização de Transplante”;

* Danos físicos ou químicos na árvore, como: anelamento, furos, pintar o tronco, queimar, envenenar e outros danos.

* Poda de raiz;

* Colocar pregos e arames para pendurar lixo, faixas, propagandas e outros objetos.

Receba as “Notícias De Hortolândia’ no Seu WhatsApp Os leitores que solicitarem o serviço gratuito irão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia Estar sempre conectado aos aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, não significa estar desinformado. Com o Notícias de Hortolândia, você pode receber diariamente as principais notícias do dia no seu celular. Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98190-8674 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp, enviando a palavra “Notícias” (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente). O esquema de envio será via lista de transmissão. Isso significa que os leitores que optarem por receber o conteúdo só serão notificados pelo Notícias de Hortolândia, que administra o grupo.

Leia também

Prêmio Jacuba é novidade na 2ª edição do Sabores de Hortolândia

Objetivo do desafio é resgatar a cultura gastronômica de Hortolândia A 2ª edição do Roteir…