Quer receber as principais Notícias de Hortolândia pelo Whatsapp?
Inscreva-se agora.
Para participar, basta adicionar nos seus contatos o número (19) 98190-8674 e enviar uma mensagem pelo WhatsApp

A gastronomia continua em alta na cidade. A Prefeitura entrega, nesta quarta-feira (04/12), o Prêmio Jacuba para o melhor prato criado com mel, cachaça e farinha de mandioca, os três ingredientes da receita do pirão jacuba. A cerimônia de premiação será, às 19h, no Centro de Memória “Professor Leovigildo Duarte Junior”, localizado na rua Rosa Maestrelo, 2, Vila São Francisco. Concorrem ao prêmio 16 dos 110 estabelecimentos inscritos na 2ª edição do roteiro gastronômico “Sabores de Hortolândia”, produzido pela Prefeitura. Neste mesmo dia, o Centro de Memória abre ao público a exposição “Sabores de Hortolândia – Uma Mistura de Temperos, Histórias e Culturas” (veja texto abaixo).

O prêmio visa valorizar a história da cidade por meio da jacuba, um tipo de pirão feito com farinha de mandioca, cachaça e mel. De acordo com pesquisa feita pela Secretaria de Cultura, Hortolândia era ponto de pouso e parada de tropeiros no século 19. Nestas ocasiões, eles consumiam a jacuba. 

A escolha do melhor prato foi feita por uma comissão julgadora formada por cinco integrantes, dentre profissionais da área gastronômica e moradores da cidade. Os integrantes da comissão foram escolhidos pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação e de Cultura. A comissão fez a degustação dos pratos de cada estabelecimento em dia e horário previamente agendados, por ordem alfabética da lista dos estabelecimentos concorrentes ao prêmio. As degustações foram feitas durante o período de 15/10 a 15/11.

Os pratos receberam notas de 0 a 10. Foram avaliados os seguintes itens: apresentação, criatividade, aparência, capricho, receita, harmonia dos ingredientes, sabor, finalização, temperatura do prato. Os três ingredientes da jacuba deviam estar, obrigatoriamente, na receita dos pratos. 

Confira os pratos dos estabelecimentos gastronômicos que concorrem ao Prêmio Jacuba:

· Pizza Jacuba – Pizzaria Bella Romana

· Costelinha Jacuba – Restaurante Bete Guindola

· Novilho Defumado Jacuba – Big Jow

· Salmão Jacuba – Pesqueiro e Restaurante do Chico

· Bolo Flamy Mandioca Jacuba – Flamy

· Jacuba da Terra – Espaço Gourmet Flor do Dendê 

· Porco Chapado Jacuba – Restaurante Guindolla Rosolen

· Leitão Pururuca Marinado Jacuba – Churrascaria Hortolândia III

· Coxinha Jacuba – Keh Cozinha

· Bolinho Jacuba – Matriz do Açaí

· Jacuba Em Forma de Pizza – Palladaris

· Parmegiana Jacuba – Botica Panela de Barro

· Pastel de Jacuba – Pastel da Feira

· Saizen Jacuba – Saizen Sushi

· Jacuba Burguer – Top Lounge Bar

· Carne de Sol Jacuba – Wood Bar

EXPOSIÇÃO “SABORES”

O evento marcará também a abertura da exposição “Sabores de Hortolândia – Uma Mistura de Temperos, Histórias e Culturas” no Centro de Memória. De acordo com a Secretaria de Cultura, a exposição mostra o aspecto histórico-cultural da alimentação. Também são abordados temas como gastronomia e saúde. A exposição terá ainda exibição de vídeos sobre o tema e uma mesa com potes contendo temperos e especiarias. A exposição também fará referência ao roteiro gastronômico “Sabores de Hortolândia”, elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, e ao Prêmio Jacuba.  

Outra atrativo da exposição é um cantinho de leitura em homenagem à poetisa goiana Cora Coralina (1889-1985), que também se notabilizou por ser uma doceira talentosa. Em vários de seus poemas e contos, Coralina fez referência a alimentos. O espaço tem uma foto da autora, a reprodução de um texto dela, além de poltronas e uma estante com livros da poetisa e sobre temas relacionados à exposição. 

A cerimônia terá ainda apresentações musicais do Quarteto Cultura Instrumental, formada pelos servidores da Secretaria de Cultura Tim Mendes (guitarra e violão), Davi Salgado (contra baixo), Cariri Santos (piano e teclados) e Carlinhos Batera (bateria e percussão), e do cantor e diretor artístico da Orquestra de Viola Caipira de Hortolândia, Mauri Lima da dupla Mauricio & Mauri, irmão de Chitãozinho e Xororó. Haverá também jogral com o grupo da Melhor Idade do CCS (Centro de Convivência Social) Rosolen, órgão da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. O grupo recitará o poema “Saber Viver”, de Cora Coralina. 

Para a secretária de Cultura, Alessandra Amora Barchini, o Prêmio Jacuba e a exposição mostram a importância da gastronomia na formação histórico-cultural da cidade. “Com o Prêmio Jacuba, a Prefeitura resgata um dos principais patrimônios culturais da cidade, que é a jacuba, um tipo de pirão muito consumido pelos tropeiros. Nesta 1ª edição, tivemos belas e deliciosas receitas. Desde já, todos os estabelecimentos que concorrem ao prêmio são vencedores. Cada um deles, à sua maneira, ajudou a resgatar esta bela tradição culinária do município. Já com a exposição, a Prefeitura busca enfatizar a importância da alimentação para os seres humanos. Além de ser um ato essencial para nossa sobrevivência, a alimentação está repleta de significados culturais. Ela revela muitos aspectos sociais e hábitos de um povo, de uma nação”, destaca Alessandra. 

ROTEIRO “SABORES DE HORTOLÂNDIA”

O Prêmio Jacuba é uma das novidades da edição deste ano do roteiro gastronômico “Sabores de Hortolândia”, cuja cerimônia de premiação foi realizada pela Prefeitura na terça-feira passada (26/11). Neste ano, 110 estabelecimentos participaram e mais de 33 mil pessoas votaram para selecionar os melhores estabelecimentos.  

A 1ª edição do roteiro gastronômico “Sabores de Hortolândia” foi lançada pela Prefeitura, nos formatos impresso e digital, em novembro de 2018. O objetivo da publicação é apresentar e valorizar o setor gastronômico do município e, com isso, estimular a população a consumir no comércio local. 

PIC

O roteiro “Sabores de Hortolândia” é uma ação que integra o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) da Prefeitura. O programa prevê obras, serviços e ações em todas as áreas para promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social, humano e econômico para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As ações do PIC são realizadas por meio de parcerias da Prefeitura com a iniciativa privada, governos estadual e federal.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Centro de Convivência da Melhor Idade oferece atividade de férias

O CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) do Remanso Campineiro, espaço da Prefeitura…