A Prefeitura de Hortolândia, de acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, já foram confeccionadas e distribuídas 73.500 máscaras, das quais 62 mil de tecido lavável e reutilizável e 11.500 descartáveis, feitas de TNT.

As peças são distribuídas nos quatro CRASs (Centros de Referência de Assistência Social) existentes na cidade. Em Hortolândia, o uso de máscaras é obrigatório desde dia o 20 de abril, conforme o Decreto Municipal Nº 4.425. A máscara deve ser utilizada em qualquer tipo de deslocamento pela cidade, independente de a pessoa apresentar ou não sintomas da COVID-19. De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, serão produzidas cerca de 200 mil peças.

A triagem para a retirada das máscaras pode ser agendada nos CRASs, das 9h às 15h, de segunda a sexta-feira, por telefone, WhatsApp ou e-mail (veja abaixo). A presença na unidade de assistência é apenas para a retirada das máscaras e de outros materiais, como cestas básicas, sem aglomeração, para evitar a disseminação do Coronavírus e, com isso, preservar a vida da população.

População também pode retirar nos CRASs cestas básicas e outros produtos essenciais 

Além das máscaras de proteção contra o Coronavírus, a Prefeitura de Hortolândia também realiza a triagem para a entrega de cestas básicas, fraldas a idosos acamados e PCDs (Pessoas com Deficiência) e latas com fórmula infantil, leite usado por crianças de até um ano de idade. As cestas básicas, fraldas e a fórmula infantil serão entregues pela  Administração Municipal por tempo indeterminado.

Centros de Referência de Assistência Social

Para solicitar os produtos emergenciais, o morador deve entrar em contato com o CRAS da região em que mora. A cidade conta atualmente com quatro unidades. Eles estão localizados na Região Central e nos bairros Jd. Amanda, Jd. Novo Ângulo e Jd. Primavera.

Veja abaixo os critérios estabelecidos para a retirada das máscaras, cestas básicas e outros materiais:

O artigo 6º da resolução 04 do Conselho Municipal de Assistência Social de Hortolândia aponta que os Benefícios Eventuais serão concedidos para residentes em Hortolândia, de acordo com nível de prioridade, sendo:

I. Indivíduo e/ou família, desprovida de qualquer renda ou benefício (Federal, Estadual ou Municipal).

II. Indivíduo e/ou família, com renda mensal per capta de R$ 0, 00 a R$ 89,00 (extrema pobreza).

III. Indivíduo e/ou família, com renda mensal per capta de R$ 89,00 a R$178,00 (pobreza).

IV. Indivíduo e/ou família, com renda mensal per capta de até 1/4 de salário mínimo.

V. Famílias atingidas por situação de calamidade pública

VI. Demais complexidades a serem observadas pela equipe técnica.

Confira abaixo os canais de contato com os CRASs para agendamento e esclarecimento de dúvidas:

Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social: 3965-1400 ramais 8204, 8210 e 8220; 3965-1438; 99976-4011 (WhatsApp)

CRAS Amanda: 3909-3642 / 3909-2140 / 99976-1602

CRAS Central: 3865-1133 / 3897-2519 / 99817-0620

CRAS Novo Ângulo: 3845-7629 / 3809-1945 / 99910-9085

CRAS Primavera: 3909-2292 / 3909-0627 / 99976-1874

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Começa obra de asfalto em três ruas do Parque Peron

Moradores de três ruas do Parque Peron terão, em breve, melhores condições de tráfego. A P…