Para garantir mais conforto e segurança aos usuários do transporte coletivo, a Prefeitura prossegue com a instalação de novos abrigos em paradas de ônibus na avenida da Emancipação, uma das principais vias de acesso à cidade. Nesta quinta-feira (17/10), agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana realizaram a remoção de três abrigos antigos na avenida, no sentido bairro, no trecho entre o trevo da EMS e a loja Havan. A ação é realizada pela Prefeitura em parceria com a Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas), órgão vinculado ao governo do Estado.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, nesta sexta-feira (18/10), seis novos abrigos serão instalados nas três paradas de ônibus no trecho mencionado. Os abrigos têm estrutura metálica, nas cores azul e branca, cobertura para proteção contra o sol e a chuva, além de assentos para quatro pessoas em cada. 

Na avenida da Emancipação já foram instalados seis abrigos em quatro pontos da via. São dois abrigos em frente ao Restaurante Hortolândia I, dois próximos ao posto de combustíveis, na esquina com a avenida Olívio Franceschini, e outros dois em frente ao restaurante Guindola.

Atualmente, existem 17 paradas de ônibus, com 25 abrigos, na Avenida da Emancipação. Após a conclusão dos serviços, que está prevista para o final do mês de outubro, serão 31 abrigos cobertos no local.  De acordo o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira, a Prefeitura busca recursos junto ao Governo Federal para a instalação de 151 novos abrigos de ônibus em toda a cidade.

REGIÃO CENTRAL

Na região Central, a Administração concluiu, em julho deste ano, a instalação de quatro novos abrigos de ônibus na rua Nelson Pereira Bueno e dois na rua João Camilo de Camargo. O modelo é o mesmo dos instalados na avenida da Emancipação. O serviço foi realizado em parceria com a iniciativa privada.

PIC

A implantação de novos abrigos de ônibus em Hortolândia faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento). O programa da Prefeitura prevê investimentos para promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano de Hortolândia para os próximos 30 anos. As obras do PIC são realizadas pela Prefeitura em parceria com a iniciativa privada, governos estadual e federal.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

DPVAT foi extinto por MP, que pode caducar, diz Bolsonaro

Presidente da República, Jair Bolsonaro, no almoço oferecido aos líderes do Brics, na tard…