Hortolândia continua a dar sinais da retomada do desenvolvimento econômico. Um exemplo disso é o crescimento na geração de emprego. De acordo com dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), órgão do Ministério da Economia, o município registrou, de janeiro a outubro deste ano, saldo positivo de 1.052 postos de trabalho, número seis vezes maior que no mesmo período do ano passado, quando a cidade contabilizou saldo positivo de 159 postos de emprego. Os três setores que mais têm contratado são serviços, indústria e comércio.

O aumento do índice de empregabilidade na cidade é reflexo das políticas públicas em realização pelo prefeito Angelo Perugini para Hortolândia retomar o desenvolvimento econômico, com geração de emprego e renda. Para isso, o prefeito trabalha para atrair novas empresas para a cidade, por meio do programa de incentivo fiscal Proemph, investe na qualificação profissional dos trabalhadores com a oferta de cursos gratuitos que preparam para o mercado de trabalho, oferece apoio aos micro e pequenos empreendedores e investe em obras de infraestrutura por meio do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento). 

LEIA TAMBÉM

“O PIC é uma importante alavanca para o crescimento econômico da cidade, com mais emprego e renda. Por meio desse programa, estamos realizando investimentos em infraestrutura em todas as regiões da cidade, que geram oportunidades de trabalho, atraem novos empreendedores e movimentam a economia da nossa cidade. Com as obras do PIC, estamos preparando Hortolândia para receber ainda mais investimentos, que refletirão na melhoria da qualidade de todos os moradores”, afirma o prefeito Angelo Perugini.

O PIC realiza investimentos para promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social, humano e econômico para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As ações do PIC são realizadas por meio de parcerias da Prefeitura com a iniciativa privada, governos estadual e federal. O principal parceiro da Administração é o banco internacional CAF, instituição financeira que concedeu crédito de R$ 160 milhões para a Prefeitura investir em obras de infraestrutura (novas pontes, avenida, parque ambientais, etc).

ENTRE AS 100 MELHORES

O novo cenário econômico que se desenha em Hortolândia também é  confirmado pelos dados de 2018 divulgados pela  RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), órgão do Ministério da Economia. De acordo com a RAIS, o número de indústrias existentes na cidade cresceu 4,93% em 2018. Em 2017, existiam 365 indústrias na cidade. No ano passado, esse número cresceu para 383 estabelecimentos industriais. Entre as empresas que se instalaram na cidade neste período estão a Mopar, a fabricante de embalagens Embalixo e Odata, da área de tecnologia.  A cidade também apresentou crescimento no setor de serviços. Na RAIS 2018, o município registrou 1.031 empresas de serviços, crescimento de 3,41% em relação a 2017, quando a cidade tinha 997 empresas do setor.

As ações da Prefeitura para retomar o crescimento econômico já apresentam resultados com repercussão em importantes órgãos de imprensa do país. A cidade está no ranking anual “Melhores cidades para fazer negócios – Edição 2019”, elaborado pela empresa Urban Systems para a Revista Exame, publicado em outubro deste ano. No ranking que lista as 100 melhores cidades do país para se investir, Hortolândia ficou na 59ª posição. No ranking de 2018, a cidade ficou na 90ª posição.

Sabores de Hortolândia fortalece setor gastronômico

No setor de serviços, a Prefeitura atua para fortalecer o segmento gastronômico da cidade por meio do roteiro “Sabores de Hortolândia”, que neste ano teve a 2ª edição, com participação de 110 estabelecimentos inscritos.

Neste ano, o roteiro escolheu os melhores estabelecimentos da cidade em seis categorias (restaurantes; culinária oriental; bares e choperias; pizzarias; lanchonetes e hamburguerias; padarias, cafés e confeitarias) por meio da votação dos consumidores. Nesta 2ª edição foram computados 33.117 votos.

De acordo com a estimativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, neste ano o roteiro movimentou R$ 4.400.000,00 nos 110 estabelecimentos inscritos no roteiro durante o período de votação, que foi entre os dias 15/10 a 15/11, 70% a mais que na primeira edição. Ainda pela estimativa, foram servidas 124 mil refeições.

APL PÃO DE QUEIJO

Para também fortalecer o setor de alimentação da cidade, a Prefeitura em parceria com empresários criou neste ano o APL (Arranjo Produtivo Local) do pão de queijo. Participam do APL as empresas Alimentos Bertin, Cynborn, Dona Anália, Freski Massas, Pão de Queijo Fiel, Massa Boa, Massas Chef, NatuMinas, Pancremo, Pozelli e Sabor Paulista.

A Prefeitura apresentou o APL no evento Inova Campinas Trade Show, em outubro deste ano. Uma das ações definidas nas reuniões do APL é a criação de um selo de qualidade para as empresas participantes. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, as empresas participantes do APL empregam, juntas, cerca de 250 pessoas e produzem, por mês, 1.000 toneladas de pão de queijo.

PAT trabalha firme na captação de vagas de emprego

Para garantir mais emprego aos moradores, a Prefeitura também realiza um trabalho forte na captação de vagas de trabalho por meio do PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador). De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, o órgão captou entre setembro a novembro deste ano 1.100 vagas de empregos.

Além de intermediar as vagas de emprego, o PAT prepara os trabalhadores da cidade para concorrer aos postos de trabalho por meio de várias atividades, como a oficina que ensina como elaborar currículo.

O PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) é fruto de uma parceria da Prefeitura com a SERT (Secretaria Estadual do Emprego e Relações de Trabalho), o órgão cadastra desempregados, faz captação de vagas junto a empresas, encaminha candidatos para o processo de seleção, realiza emissão de carteira de trabalho e requerimento de seguro-desemprego.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Discurso de João Doria em Hortolândia 29 Setembro de 2020

Discurso de João Doria em Hortolândia 29 Setembro de 2020 by Governo do Estado de São Paul…