Maria Clara Calixto Nascimento estava desaparecida desde a manhã de quinta-feira (17), quando, segundo a avó da garota, ela saiu para brincar na casa de uma vizinha. Ele foi encontrada morta em um terreno no bairro Jardim São Felipe, em Hortolândia (SP), na manhã desta sexta-feira (18).

De acordo com a Polícia, o padrasto da vítima se apresentou à delegacia e confessou que matou a criança. A investigação ainda constatou que a vítima sofreu abuso sexual.

LEIA TAMBÉM

A mãe da menina, uma auxiliar de produção de 25 anos, chegou para trabalhar e questionou o companheiro sobre a localização da garota. Na ocasião, ele disse que estava dormindo e não viu ela sair.

A partir disso, a família começou a procurar a criança e registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento na Delegacia de Hortolândia. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP), o padrasto foi localizado em Campinas (SP) na manhã desta sexta e intimado a prestar depoimento, quando confessou o crime.

O corpo da garota estava dentro de uma caixa de papelão e foi encontrado próximo à residência da dela por familiares e amigos, que mantiveram a procura desde quinta-feira. Houve muita comoção no local. A perícia foi acionada.

O secretário de Segurança de Hortolândia disse que no corpo da vítima havia sinais de estrangulamento. O homem já tinha passagem pela polícia por estupro.

Com informações G1.

Leia também

Trio é preso suspeito de roubar celulares de loja em Hortolândia, diz PM

Três homens foram presos suspeitos pelo roubo de celulares em uma loja de Hortolândia (SP)…