Perugini, revelou que Hortolândia já comprou todos os materiais necessários e que só vai precisar do Estado para ceder o imunizante, nesta primeira fase.

O prefeito Angelo Perugini (PSD) divulgou um plano de aplicação das vacinas contra o novo coronavírus (Covid-19), nesta quinta-feira (7). Segundo o chefe do executivo o agendamento será online para que a população não se aglomere no dia da vacinação.

LEIA TAMBÉM

O município de Hortolândia é a primeira da RPT (Região do Polo Têxtil) a divulgar um cronograma de vacinação, cerca de 30 mil pessoas fazem parte do grupo prioritário, que receberá o imunizante na primeira fase, prevista para acontecer entre 18 de janeiro e 22 de março, diz o Estado. Para receber as duas doses, a população terá que agendar uma data e horário no site da prefeitura.

Esse cronograma depende da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovar a Coronavac, vacina produzida pela biofarmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. O instituto e o governo de São Paulo pediram à agência, nesta quinta, o uso emergencial para aplicar o imunizante. O prazo para análise é de 10 dias.

Na reunião desta quinta, também foi citado que o Estado vai providenciar junto com as vacinas os insumos necessários para aplicação, como agulhas e seringas.

Leia também

Seara Alimentos divulga oportunidades para diversos cargos em Campinas

A empresa disponibiliza vagas para cinco cargos diferentes para a cidade de Campinas Seara…