O trabalho da Prefeitura de Hortolândia, por meio da Guarda Municipal e do Setor de fiscalização, para evitar a disseminação do Coronavírus na cidade continua. As operações contra aglomeração de pessoas e perturbação de sossego acontecem todos os dias, inclusive aos finais de semana. De acordo com a Secretaria de Governo, o trabalho fez com que as festas irregulares deixassem de acontecer com maior frequência nas ruas, avenidas e espaços públicos e passassem a se concentrar em residências, principalmente chácaras, em todas as regiões da cidade.

O último flagrante aconteceu na noite desta segunda-feira (20/07), em um espaço privado localizado no Jardim Novo Ângulo, onde a Guarda Municipal, após uma denúncia, flagrou uma festa com som alto onde havia aproximadamente 100 pessoas sem utilizar as máscaras para proteção individual. Após a chegada das guarnições no local, houve orientação e os participantes da festa clandestina foram dispersados. O dono da chácara foi multado em R$ 3.554,00 seguindo as leis de perturbação do sossego.

LEIA TAMBÉM

“Este caso na chácara foi mais um registrado pelos agentes da GM em espaços privados. Assim como neste final de semana, quando registramos 79 ocorrências ligadas à perturbação do sossego e aglomeração de pessoas, parte da população não se mostrou preocupada com a saúde dela e das pessoas de sua e de outras famílias. De sexta-feira a domingo (17 a 19/07), registramos quatro ocorrências a mais do que no final de semana anterior. Continuaremos nas ruas, em todas as regiões da cidade, para prevenção da vida, mantendo a segurança e evitando aglomeração de pessoas, perturbação do sossego e a disseminação do Coronavírus no município”, explica a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinete.

De acordo com a Secretaria de Segurança, desde janeiro, 1.928 ocorrências ligadas à perturbação do sossego e aglomeração de pessoas foram registradas e atendidas pelas guarnições da GM. Nos meses de pandemia do Coronavírus foram registrados os maiores números de ocorrências. Só em junho, por exemplo, os agentes atenderam 386 ocorrências deste tipo na cidade.

Multas para pipas com cerol continua

De acordo com a Secretaria de Segurança, as ações da GM para combater o uso de cerol em pipas também contribuiu com a queda de aglomeração de pessoas nas ruas, neste final de semana. Os agentes da força de segurança da Administração Municipal intensificarão o trabalho para evitar esta situação. Caso alguém seja flagrado usando cerol, o munícipe será multado em R$ 100,00. Se for menor de idade, os pais serão responsabilizados. A multa irá para o Sistema Tributário Municipal de Multas, por meio do CPF (Cadastro de Pessoa Física) do infrator.

“Continuaremos a fiscalização para evitar o uso do cerol nas pipas. Em relação a esta situação, o final de semana foi tranquilo, sem casos relevantes. Queremos agradecer aos pais na orientação aos filhos para não usar o cerol. A participação e a contribuição de todos é muito importante”, avaliou Michele.

Como denunciar

O munícipe que flagrar estas situações pode denunciar os infratores. Eles podem ser levados à delegacia. Denúncias que caracterizem aglomeração de pessoas ou perturbação de sossego podem ser feitas à corporação, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo telefone 153 ou 0800-111-580.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Menino é atropelado por moto em Hortolândia e socorrido em estado grave ao HC da Unicamp

LEIA TAMBÉM Menino é atropelado por moto em Hortolândia e socorrido em estado grave ao HC …