O desassoreamento da lagoa de contenção de enchentes do Parque Remanso das Águas, na região do Jardim Carmem Cristina foi iniciado pela Prefeitura de Hortolândia, após a limpeza das margens do lago. O trabalho, que é realizado com máquinas, consiste na retirada da areia e de outros resíduos acumulados no fundo da lagoa para aumentar a capacidade de armazenamento do reservatório de água, principalmente neste período chuvoso. A ação tem o objetivo de melhorar a condição ambiental do parque, garantindo mais qualidade de vida aos moradores do entorno.

Para iniciar o desassoreamento, a Prefeitura realizou, no ano passado, a limpeza das margens da lagoa, com a remoção da camada vegetal das laterais. O trabalho de limpeza das margens foi feito para preparar o espaço que passa, agora, por desassoreamento.

LEIA TAMBÉM

CONTENÇÃO

De acordo com a Secretaria de Obras, a estimativa é de que sejam removidos do fundo da lagoa aproximadamente 95.979,00 metros cúbicos de detritos, material correspondente a uma área de 44.470,00 metros quadrados.

O reservatório de contenção de enchentes do Parque Remanso das Águas tem capacidade de armazenamento para até 840 milhões de litros de água. Quando chove muito e este volume excede, a água é direcionada ao Ribeirão Jacuba por meio de um extravasor, porém num volume menor do que o da enxurrada. Isso evita alagamentos na região central da cidade. O mesmo método é usado no Parque Lago da Fé, onde as duas lagoas de contenção de enchentes funcionam como reservatórios em dias de chuva forte.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Boletim 43/21: Secretaria de Saúde de Monte Mor confirma mais 11 casos positivos de Covid-19 na cidade

A Secretaria de Saúde de Monte Mor informa que hoje (02/03) foram confirmados 11 novos cas…