A fim de prevenir e combater o descarte irregular de resíduos em Hortolândia, a Prefeitura acaba de lançar uma ferramenta digital gratuita, ao alcance das mãos do usuário. É o App Agenda Verde, lançado, na tarde desta terça-feira (26/11), pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, em parceria com o Consórcio Horto Ambiental, durante evento no auditório do Centro de Formação dos Profissionais em Educação “Paulo Freire”, no Remanso Campineiro, onde também foi apresentado o “2º Estudo Gravimétrico dos Resíduos Sólidos de Hortolândia”. A nova ferramenta substituirá o WhatsApp da Agenda Verde. O vice-prefeito e secretário da pasta, José Nazareno Zezé Gomes, representou o prefeito Angelo Perugini, que cumpria agenda fora do município. O representante do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos), Fábio Orsi; e o vereador Cleuzer Marques de Lima, o John Lenon; e a secretária adjunta, Eliane Nascimento, também compareceram.

“O aplicativo da Agenda Verde vai dar, com certeza, mais qualidade e agilidade à prestação do serviço público, porque a denúncia chega em tempo real. Quando alguém chega ao local do descarte, tira a foto e já sai direto no aplicativo. Isso vai agilizar nosso trabalho eo munícipe vai ficar contente, porque, com certeza, nós vamos agir rapidamente”, destaca o secretário Zezé Gomes. É que, por meio do aplicativo, com apenas alguns cliques, é possível não somente denunciar descartes irregulares de resíduos, mas também obter informações sobre limpeza urbana, coleta seletiva e educação ambiental, dentre outros serviços relacionados.

“Este é o primeiro aplicativo lançado pela Prefeitura. O App da Agenda Verde é uma ferramenta que atua, dentro da ideia do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), na área socioambiental”, destacou o jornalista e gerente da Secretaria de Governo, Josemil Rodrigues, durante a apresentação do aplicativo, cuja gestão será feita pelo Departamento de Comunicação da Prefeitura. 

“Juntos queremos melhorar a questão dos resíduos na cidade. O App vem trazer inteligência às nossas ações. Queremos dar resposta aos munícipes que nos procuram, sobretudo com relação aos locais viciados de descarte, que favorecem a proliferação de vetores que oferecem risco à saúde”, afirmou o engenheiro ambiental José Baldino de Vasconcelos, representante do consórcio Horto Ambiental.

A expectativa da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável é que a nova ferramenta traga agilidade no conhecimento da ocorrência e o cidadão que estiver cometendo irregularidades seja orientado ou penalizado pelas secretarias afins. “Além dos serviços disponibilizados pela Ouvidoria, o Aplicativo Agenda Verde tornou-se uma ferramenta a mais para que a população se torne um agente participativo e fiscalizador em sua rua, bairro, cidade, denunciando descartes irregulares de resíduos realizados em nosso município, despertando ainda o pertencimento em cada cidadão por melhorias locais”, afirma a diretora do Departamento de Licenciamento Ambiental e Gestão de Resíduos, Elaine Cristina de Sousa.

Pronto para download

O aplicativo já está disponível para download nas lojas oficiais Google Play e AppleStore, podendo rodar em dispositivos móveis, como celulares e tablets com sistema operacional Google e também iOS. A pedido da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, a ferramenta foi desenvolvida pela Maximizi Inteligência e Tecnologia, empresa local com 30 anos de experiência, em parceria com a empresa Horto Ambiental, responsável pela limpeza urbana e coleta de resíduos.

Lá, além de poder enviar, sigilosamente, fotos e mensagens de textos denunciando descarte irregular, o usuário poderá encontrar o equipamento de coleta seletiva mais próximo de casa – seja um PEV (Ponto de Entrega Voluntária de Entulho e outros materiais recicláveis) ou um LEV (Local de Entrega Voluntária). É possível também consultar dias e horários da coleta seletiva domiciliar e telefones de serviços públicos úteis. Há ainda dicas ambientais. 

Para usar todas as funcionalidades do App Agenda Verde, é necessário se cadastrar, criando login e senha e fornecendo e-mail e telefone.

Segundo o desenvolvedor do App, Juracy Nascimento, além de otimizar os processos, o aplicativo poderá trazer o munícipe para dentro da gestão. “O foco principal é ampliar a interação com o munícipe, disponibilizando meios de ligação com gestores de departamentos. É possível cadastrar e identificar munícipes participativos. Na sala de gestão, é possível fazer o direcionamento das ocorrências. Com o uso do App, pretendemos acabar com o vandalismo. Cada munícipe poderá ser um fiscal”, comentou Nascimento.

PIC

O App do programa Agenda Verde integra o PIC, implantado pela Prefeitura com o objetivo de promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. Por meio dele, a Prefeitura quer melhorar a prestação dos serviços públicos municipais em todas as áreas, em especial na saúde, educação, segurança, mobilidade urbana e geração de emprego. Mais de 100 obras e serviços serão realizados por meio do PIC.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Coronavírus: Hortolândia registra mais 51 casos positivos e total sobe para 2.335

O Sars-Cov-2 utiliza proteínas em forma de espinho para aderir às células humanas que atac…