Estão abertas as inscrições para mais seis cursos de qualificação profissional, promovidos pelo Via Rápida Emprego, órgão da Secretaria e Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado: “Porteiro e Controlador de Acesso”, “Recepção e Atendimento”, “Assistente Administrativo”, “Assistente Contábil, de Crédito e Cobrança”, “Assistente de Recursos Humanos” e “Informática Básica”. Interessados podem se inscrever, até o dia 30 deste mês, acessando o site do programa: http://www.viarapida.sp.gov.br/. A iniciativa tem o apoio da Prefeitura de Hortolândia.

Segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, em cada formação, há 40 vagas disponíveis, 20 para o período da manhã e 20 para o da noite, com aulas previstas para começar no dia 14 de abril. Todos os cursos serão realizados de maneira remota. Outras informações sobre confirmação de matrícula e similares devem ser obtidas junto ao Via Rápida Emprego.

LEIA TAMBÉM

Para se inscrever, é necessário fazer login ou, se for o primeiro acesso, se cadastrar. A partir daí, basta seguir as instruções disponíveis no portal. De acordo com o site do programa, a novidade é que, agora, os cursos contam com uma bolsa-auxílio de R$ 210,00, disponibilizada pelo Governo de São Paulo (veja abaixo). 

Além destes, agora em março, o Via Rápida Emprego abriu vagas para dois outros cursos no município: “Ajudante de cozinha” e “Almoxarife e estoquista”. Para estes, as inscrições se encerraram no último domingo (14/03).

De acordo com secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva, durante a pandemia, a equipe da Secretaria de Inclusão se esforça para ofertar todas as possibilidades de enriquecimento pessoal e profissional às pessoas, praticando a resiliência. “O otimismo é o perfume da vida. Por isso, trabalhamos com um novo olhar para esta Secretaria, um olhar emancipatório e, assim, abrimos portas para que as pessoas tenham a oportunidade de abrir novos caminhos. Sabemos de todas as dificuldades e os impactos que o Coronavírus trouxe para a vida das pessoas. Permanecemos empenhados, buscando oportunidades no universo de possibilidades para as famílias da nossa querida Hortolândia”, afirma o secretário.

Sobre o benefício de bolsa-auxílio

De acordo com informações publicadas no site do programa, para ter direito ao bolsa-auxílio, o candidato precisa estar matriculado em cursos do Via Rápida, ser alfabetizado e domiciliado no Estado de São Paulo e ter 16 anos ou mais, estar desempregado e atender aos critérios do curso em que está matriculado. Neste caso específico, segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, é preciso ser morador de Hortolândia.

O candidato selecionado receberá no e-mail convocação para o início do curso. Iniciado a formação, após 10 dias de aulas, cumpridos todos os requisitos da turma em que está inscrito, o aluno está apto a receber o auxílio, segundo informações disponíveis no site do programa. Outras informações sobre o benefício podem ser obtidas no link: http://www.viarapida.sp.gov.br/bolsa-auxilio.

Confira a ementa dos cursos:

“Porteiro e Controlador de Acesso” (60 horas/aula) – “capacitar o aluno para recepcionar e orientar pessoas em portarias, zelando pela segurança pessoal e patrimonial e atuando em condomínios, residenciais e comerciais e empresas públicas e privadas.”

“Recepção e Atendimento” (80 horas/aula) – “capacitar o aluno para orientar o público, prestando-lhe serviços de atendimento ou realizando coleta de informações, intermediando relações entre clientes e prestadores de serviços.”

“Assistente Administrativo” (60 horas/aulas) – “capacitar o aluno para realizar atividades de rotinas administrativas, organização de documentos e apoio logístico no ambiente de trabalho da empresa, de acordo com normas e procedimentos técnicos de qualidade.”

“Assistente Contábil, de crédito e cobrança” (80 horas/aula) – “capacitar o aluno para preparar os documentos necessários à análise de crédito, usando procedimentos cadastrais e noções de análise da capacidade de pagamento dos clientes e executar processos de cobranças de inadimplentes, amigáveis ou judiciais.”

“Assistente de Recursos Humanos” (60 horas/aula) – “capacitar o aluno para executar serviços de apoio nas áreas de recursos humanos.”

“Informática Básica” (100 horas/aula) – “capacitar o aluno para conhecimentos básicos de informática e desenvolver habilidades na aplicação correta do sistema operacional Windows e dos programas que compõem o pacote Office. Esse profissional poderá atuar em diversas áreas seja na indústria ou no comércio.”

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Leia também

Hortolândia fecha 10 bares por dia

A Prefeitura de Hortolândia fechou 10 estabelecimentos de comércio de bebidas por dia na p…