O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta quinta-feira (13/02/2020), que o terceiro andar do Palácio do Planalto, onde ficam abrigadas a Casa Civil, Secretaria de Governo e Secretaria-Geral da Presidência, ficou “completamente militarizado”.

A declaração foi feita enquanto o presidente conversava com um grupo de mulheres estudantes de direito de Limeira, São Paulo, no Palácio da Alvorada. O encontro foi transmitido ao vivo nas redes sociais do presidente.

“Trocamos, hoje, dois ministros. Ficou completamente militarizado o meu terceiro andar. Quatro generais ministros lá. Nada contra civis, são excepcionais”, disse o presidente.

Veja abaixo os ministros do Planalto:

Casa Civil: Walter Souza Braga Netto (general do Exército);
Gabinete de Segurança Institucional: Augusto Heleno (general da reserva do Exército);
Secretaria de Governo: Luiz Eduardo Ramos (general do Exército);
Secretaria-Geral: Jorge Oliveira (major da reserva da Polícia Militar do Distrito Federal).

Troca-troca no Planalto
Nesta quinta, Bolsonaro informou por meio das redes sociais que o atual ministro da Casa Civil será transferido para comandar o Ministério da Cidadania, que tem Osmar Terra como titular.

Terra, por sua vez, deixará o governo e deverá retomar seu mandato de deputado na Câmara. Na Casa Civil, assume o general do Exército Walter Souza Braga Neto, indicado ao cargo por Bolsonaro.

Até a última atualização desta reportagem, as mudanças na Casa Civil e no Ministério da Cidadania não haviam sido publicadas no Diário Oficial da União (DOU).

Fonte: Metropoles

Leia também

Hortolândia confirma mais duas mortes por covid-19 e chega a 50 mortes

Ao todo, 50 pessoas já morreram em decorrência da covid-19 em Hortolândia; mais de 966 pes…