O compositor Vinícius Santa Fé relata ter sido vítima de racismo e agressão por um policial militar na noite da última quarta-feira (29/01/2020), na Penha, zona norte do Rio de Janeiro (RJ). O agente teria ainda apontado o fuzil para o rosto do músico. As informações são do jornal Extra.

Vinícius é autor da música Castelo de Um Quarto Só, cantada por Renato da Rocinha. A canção foi lançada no ano passado.

LEIA TAMBÉM

O compositor disse que, logo que saiu do carro, o policial chegou com o fuzil e colocou no rosto dele, que estava acompanhado da esposa Ana Carolina.

“Ele [o policial] estava meio alterado. Pedi para abaixar a arma. Me criticou por eu ter bebido, e expliquei que mesmo eu tendo bebido, ele não poderia colocar um fuzil na minha cara”, contou.

Segundo o músico, o policial ainda tentou revistar Ana Carolina, que chorava diante da situação. Vinícius não deixou.

“Não admito ser tratado assim. Acho que ele viu o meu estereótipo, a cor da minha pele, e achou que pudesse meter a mão na minha cara, e falar comigo da forma que falou”, prosseguiu.

Procurada, a Polícia Militar do Rio de Janeiro não respondeu aos questionamentos feitos pelo Metrópoles. O espaço continua aberto.

Fonte: Metropoles

Leia também

Vacina contra gripe: região de Campinas começa a imunizar idosos e professores nesta terça

LEIA TAMBÉM Vacina contra gripe: região de Campinas começa a imunizar idosos e professores…