Ex-líder do governo no Congresso, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disse, ao comentar as trocas de ministros feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que o governo segue o mesmo padrão de “fritar, esvaziar, desgastar e humilhar aqueles que trabalharam e se dedicaram para o governo”.

Bolsonaro convidou o general Walter Braga Netto para o cargo de ministro da Casa Civil. Ele substituirá Onyx Lorenzoni, que deverá ser deslocado para o Ministério da Cidadania, hoje comandado por Osmar Terra.

A troca ocorre após o Estadão revelar a contratação pela pasta de Terra de uma empresa suspeita de ter sido usada como laranja para desviar R$ 50 milhões dos cofres públicos.

“Lamento o processo de fritura e esvaziamento constante que aconteceu com o Onyx”, disse Joice. “Mas lamento a postura do Onyx, que tem mandato. Alguém que foi eleito pelo povo não pode se submeter a um processo de humilhação como esse. Já ficou feio há muito tempo”, afirmou.

Quedas
Joice era uma das principais aliadas de Gustavo Bebianno, que comandava a Secretaria-Geral da Presidência e foi demitido nos primeiros seis meses do governo Bolsonaro.

Além dele, Ricardo Vélez Rodríguez, do Ministério da Educação, e Carlos Alberto dos Santos Cruz, da Secretaria de Governo, caíram nesse mesmo período.

Joice foi destituída da liderança do governo no Congresso depois do racha que ocorreu no PSL e que culminou com a saída de Bolsonaro da sigla.

Fonte: Metropoles

Leia também

Adolescente é apreendido após roubo com reféns em Hortolândia

Outros dois suspeitos de participarem do roubo conseguiram escapar ROUBO | Itens apreendid…