Connect with us

Brasil

Idoso declarado morto pela ex luta na Justiça para casar de novo

Artigo

em

João Barbosa, de 72 anos, foi declarado morto em 1985, mesmo estando vivo. A responsável foi a ex-esposa do pedreiro cearense. As informações são do G1.

O idoso só tomou conhecimento da situação em 2019, quando buscou a Defensoria Pública para regularizar a situação matrimonial com a antiga companheira e, assim, se casar com a atual mulher.

LEIA TAMBÉM

O homem morava no Maranhão com a esposa e os filhos durante a década de 1980. Porém o pedreiro se desentendeu com a companheira e decidiu voltar para o Ceará. Ao deixar a mulher, entretanto, não assinou nenhum papel de divórcio.

No ano passado, João procurou a Defensoria Pública para tentar desfazer oficialmente o antigo casamento e formalizar a união estável com a atual mulher. Após sair a decisão judicial do divórcio, João foi ao cartório atualizar a certidão de casamento – e recebeu a notícia de que havia sido declarado morto em 1º de janeiro de 1985, por iniciativa da ex-mulher.

Fonte: Metropoles

Publicidade













CONFIRA AS VAGAS DISPONÍVEIS

CURTA NOSSA FAN PAGE

TAGS

Copyright © 2017 - Notícias de Hortolândia

Open chat
Gostaria de receber as notícias do NH?
Olá?

Gostaria de receber as principais notícias e oportunidades de trabalho do Notícias de Hortolândia no seu celular?